IPO: período de reservas de 3R Petroleum e Aeris termina sexta

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: 3R Petroleum

O período de reservas para participação na oferta de ações (IPO) realizada pela 3R Petroleum e Aeris termina sexta-feira (6).

A 3R Petroleum, que fará apenas oferta primária, pode levantar cerca de R$ 800 milhões, considerando o meio da faixa indicativa, de R$ 28,00, e o número de 28.571.429 ações da oferta base.

Caso um lote adicional de até 20%, ou 5.714.285 ações, e lote suplementar de até 15%, ou 4.285.714 ações sejam colocados a oferta totalizaria R$ 1,080 bilhão.

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

Os papéis da 3R Petroleum estreiam em Bolsa no dia 12 de novembro deste ano.

Já a Aeris pode captar R$ 1,291 bilhão na oferta base, considerando o meio da faixa indicativa, de R$ 7,30.

Se o lote adicional e o suplementar forem colocados, a oferta subiria para R$ 1,743 bilhão. As ações da fabricante de pás para aerogeradores iniciam as negociações em Bolsa na próxima quarta (11).

3R Petroleum

A empresa do setor de petróleo e gás, 3R Petroleum é o resultado da incorporação da sociedade 3R pela OPOG.

A companhia se consolidou como uma empresa (player) estratégico do setor de óleo e gás cujo foco é o redesenvolvimento de campos maduros em produção localizados em terra (onshore) e em águas rasas (shallow water).

Segundo o prospecto, “Redesenvolver, Revitalizar e Repensar” são os pilares que norteiam sua estratégia de  incremento de produção e reservas em campos maduros e que subsidiam a meta de nos tornar uma grande companhia petrolífera privada e independente, com escala no Brasil e na América Latina.

Conforme a 3R, seu plano de negócios é baseado em crescimento por meio do redesenvolvimento de seu portfólio atual.

A companhia também pretende investir em oportunidades atreladas ao plano de desinvestimento de ativos em curso pela Petrobras.

Aeris

A Aeris é um dos principais produtores brasileiros e globais de pás para aerogeradores para os principais fabricantes mundiais de turbinas produtoras de energia eólica (OEM).

A Companhia possui duas unidades industriais com capacidade de produção anual total de mais de 4.000 mil pás
em 2020, sendo que a partir de 2018 começou a exportar grande parte da sua produção.

A Aeris apresentou forte histórico de execução, atendendo os principais fabricantes de turbinas eólicas do mundo.

Dentre os quatro maiores fabricantes globais, excluindo o mercado chinês, a companhia possui relacionamento com todos.

A Aeris atingiu expressivos 68% de participação do mercado nacional, considerando os projetos eólicos já contratados para os próximos anos, e aproximadamente 7% de market share global, desconsiderando o mercado chinês.

O principal acionista é o Alexandre Funari Negrão, com 70,29% das ações da companhia. Seguido de Vera Sarnes Negrão e Alexandre Sarnes Negrão, com 4,95% cada um.

O lucro líquido foi de R$ 88,7 milhões em 2019, contra R$ 116,6 milhões de 2018.

A receita líquida atingiu R$ 861,2 milhões em 2019 e R$ 681,7 milhões em 2018.

Conforme a Aeris, o montante levantado será destinado à expansão da capacidade produtiva da empresa e modernização.

 

Quer saber como investir no mercado de ações? Preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para auxiliar na sua trajetória de investimentos