Ipea: levantamento aponta avanço de 3,4% em investimentos em julho

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Reprodução / Ipea

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta segunda-feira (5) que houve avanço de 3,4% em investimentos na economia brasileira no mês de julho, comparado a junho.

No acumulado dos últimos 12 meses, no entanto, houve um recuo de 2,4%. Os dados são do Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF).

As informações são da Agência Brasil.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

São medidos investimentos em máquinas e equipamentos, na construção civil. Assim como outros ativos fixos, como propriedade intelectual, lavouras permanentes e gado de reprodução, entre outros.

Consumo de máquinas e equipamentos

Conforme o levantamento, ao comparar com julho de 2019, foi registrada uma queda de 3,8%. Já no trimestre móvel encerrado em julho deste ano, houve crescimento de 7%

O consumo aparente de máquinas e equipamentos apresentou uma alta de 10,9%.

Esse resultado veio após uma queda de 8,2% registrada no mês de junho.

“De acordo com os seus componentes, enquanto a produção nacional de máquinas e equipamentos cresceu 21,5% em julho (terceira alta consecutiva), a importação caiu 7,6% no mesmo período”, informa o Ipea.

Entretanto, na construção civil, os investimentos cresceram 2,7%. “O resultado sucedeu altas de 7,8% e 17,4% nos meses de junho e maio, respectivamente.

Com isso, o segmento registrou um avanço de 8,5% no trimestre móvel”, acrescenta o levantamento.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o componente da construção apresentou crescimento de 3,3% sobre julho de 2019.

Por outro lado, os segmentos de máquinas e equipamentos e de outros ativos fixos registraram queda, respectivamente, de 10,7% e de 5,5%.