Ipea: Investimentos recuam 1,3% de junho para maio

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Reprodução/Flickr

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontou, nesta quinta, queda de 1,3% no indicador FBCF de junho perante maio de 2020.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Segundo o instituto, o recuo foi ainda maior na comparação com junho de 2019: 15,6%.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

O indicador mostrou também que o segundo trimestre de 2020 está 24,5% negativo na comparação com o primeiro período do ano e 23,1% menor do que o mesmo período de 2019.

Na soma dos últimos 12 meses, os investimentos caíram 4,1%, de acordo com o Ipea.

Importação puxou queda, segundo Ipea

Os ativos que compõem a FBCF são: Máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Segundo os dados divulgados pelo Ipea, houve retração de 13,9% nos investimentos em máquinas e equipamentos e um tombo ainda maior na importação desses bens: 56,9%.

A produção nacional, por sua vez, cresceu 8,2% no período.

Os investimentos em outros ativos fixos recuaram 1,8% em junho frente a maio.

Construção Civil vai na contramão

Por outro lado, a construção civil registrou alta de 6,5% no período, indo na contramão dos demais ativos.

Na comparação com junho de 2019, no entanto, a queda em investimentos não perdoou ninguém:

Máquinas e equipamentos tiveram índice negativo de 27,2%, construção civil (-4,8%) e outros ativos fixos (-16,5%).

O lockdown provocado pela pandemia de coronavírus também fez todos os índices fecharem o segundo trimestre no negativo.

A queda foi de 33,1% em máquinas e equipamentos, 13,9% na construção civil e 18,9% em outros ativos fixos, totalizando recuo de 24,5% nos investimentos de abril a junho.

Planilha de Açõesbaixe e faça sua análise para investir