Ipea: Investimentos crescem 28,2% de maio para abril

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Crédito: Wilson Dias / Agência Brasil

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta quarta-feira os números mais recentes do indicador FBCF.

Ações dos bancos estão baratas na bolsa de valores?

O resultado do índice de Formação Bruta de Capital Fixo, segundo o órgão, apresentou alta de 28,2% nos investimentos na comparação entre maio e abril de 2020.

Os números apontam para uma recuperação do setor após duas quedas seguidas, em março e abril.

Ambas as quedas foram causadas principalmente pela pandemia da Covid-19.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Apesar da melhora, o resultado segue mais baixo do que o registrado no mesmo período de 2019.

No trimestre móvel, encerrado em maio, houve retração de 20,6% na série dessazonalizada.

No acumulado de 12 meses, segundo o Ipea, os investimentos apresentam baixa de 2,8% até maio.

Ipea

Ipea aponta alta na Construção Civil

O relatório divulgado nesta terça-feira apontou que o indicador de Construção Civil fechou maio com alta de 14,1% em maio, na série dessazonalizada.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

Na comparação entre o trimestre encerrado em fevereiro e o finalizado em março, no entanto, houve um recuo de 14,7%, também fruto da pandemia de coronavírus.

O setor de Construção Civil também registrou baixa de 16% quando comparado ao desempenho no mês de maio de 2019.

Máquinas e Equipamentos

O outro composto importante da FBCF é o índice relativo a Máquinas e Equipamentos.

Este apresentou alta de 68,7% nos investimentos em relação ao mês de abril.

Os dados mais recentes do Ipea apontaram ainda que produção a nacional desses bens avançou 22%, enquanto a importação cresceu 145,6% no mesmo período.

Na comparação com maio de 2019, no entanto, o setor de Máquinas e Equipamentos, assim como os demais, apresentou queda – 23,7%.

Ipea

Outros

Os outros ativos fixos que compõem o indicador de Formação Bruta de Capital Fixo apresentaram queda na comparação com maio de 2019.

Segundo os dados do Ipea, o setor teve retração de 18,5% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Planilha de Açõesbaixe e faça sua análise para investir