IPC-S tem alta de 0,88% na semana e acumula aumento de 5,98%

Matheus Miranda
Colaborador do Torcedores
1

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) referente a 15 de março registou alta de 0,88%, a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Nos últimos 12 meses, este índice acumula aumento de 5,98%. A apuração foi divulgada pelo instituto nesta terça-feira (16).

De acordo com a FGV, nesta apuração do IPC-S, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo. A maior contribuição partiu do grupo Transportes (2,69% para 3,46%). Nesta classe de despesa, o comportamento do item gasolina sobressai. A taxa passou de 7,68% para 9,73%, com relação à pesquisa anterior.

Também registraram aumento em suas taxas de variação os grupos: Habitação (0,24% para 0,41%), Educação, Leitura e Recreação (0,05% para 0,18%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,19% para 0,31%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: tarifa de eletricidade residencial (-0,49% para -0,06%), passagem aérea (-0,88% para 1,71%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (-0,19% para 0,26%).

IPC-S: alimentação e despesas diversas apresentam desaceleração

IPC-S

Em contrapartida, outros itens desaceleraram. Alimentação, por exemplo, passou de 0,24%, na semana anterior, para 0,21%. Foi o que também ocorreu com Despesas Diversas, que saiu de 0,23% para variação positiva de 0,20%; Comunicação ampliou a variação negativa, saindo de -0,15% para -0,17%. Já Vestuário caiu de 0,08% para 0,06%.

Nestas classes de despesa, pesaram o comportamento de itens como legumes, que saiu de -1,38% para -2,71% na semana atual; tarifa postal, que saiu de estabilidade para -0,44%; combo de telefonia, internet e TV por assinatura (-0,12% para -0,22%) e roupas femininas (-0,33% para -0,55%).

Na semana anterior, o IPC-S havia registrado elevação de 0,67% e, nos 12 meses anteriores, acumulava alta de 5,76%. Naquela semana, a maior contribuição também partiu do grupo Transportes (2,29% para 2,69%). O reflexo foi a alta da gasolina, que havia passado de 6,90% para 7,68% naquela semana.

De acordo com a FGV, a próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 22 de março deste ano está previsto para ser divulgado no próximo dia 23 de março.