Investimentos em renda fixa isentos de Imposto de Renda

Cansado de deixar boa parte dos rendimentos para o leão? Confira opções de renda fixa isentas de imposto de renda.

André Arantes
André Arantes é entusiasta do mercado financeiro, acredita que através da informação transparente e posta de forma didática pode mudar a qualidade de vida dos investidores. Sócio do EuQueroInvestir.com, está esperando seu contato no email andre.arantes@euqueroinvestir.com ou no whatsapp 48-99989-4567.
Investimentos

Crédito: David Schwarzenberg por Pixabay

A renda fixa é uma modalidade de investimento em títulos que, em determinados períodos, pagam remuneração ao investidor. O ideal é pensar que cada título é um empréstimo. Ou seja, quando você investe em um título de renda fixa, você estará emprestando dinheiro para alguém como uma empresa, um banco ou o Governo. E em contrapartida, receberá uma remuneração.

Quem emite títulos deste tipo têm como principal objetivo captar recursos para financiamento de negócios ou projetos. Colaborando desta forma, com a economia brasileira. Os títulos de renda fixa podem ser classificados de acordo com o tipo de emissor do título. Existem títulos públicos, emitidos pelo governo, privados que são emitidos por empresas e bancários onde os emissores são os bancos.

O foco aqui será explicar para você as emissões bancárias isentas de imposto de renda, acompanhe.

Renda Fixa por emissão bancária

Conforme o termo, estes são títulos expedidos por instituições financeiras com o objetivo de captar  recursos para os bancos. Os principais títulos são: Letra de Crédito Imobiliário, Certificado de Depósito Bancário, Letra de Crédito do Agronegócio, Letra de Câmbio, Depósito a Prazo com Garantia Especial do Fundo Garantidor de Crédito.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Investimentos em Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

A LCI é um título com rentabilidade pré ou pós fixada que tem como objetivo financiar os empreendimentos imobiliários. No caso do pós-fixado, a rentabilidade vai ser influenciada pelo Certificado de Depósito Interbancário (CDI), inflação ou outros índices. Este é considerado um investimento de baixo risco, uma vez que possui garantia do banco emissor e do Fundo Garantidor de Crédito.

Para aplicar, é preciso ter conta corrente em um banco ou uma corretora que permita acesso à esses títulos. O valor mínimo da aplicação depende de cada instituição. Então, os resgates podem ser feitos a partir de 90 dias após a aplicação ser realizada dependendo da carência contratada. Normalmente, existem carências maiores e estas oferecem remunerações mais avantajadas.

DICAS

  1. Excelente opção para quem não gosta de correr riscos;
  2. Rentabilidade mensal de 75 à 100% do CDI, dependendo da instituição financeira ela pode ser um pouco maior;
  3. Indicada para investidores que não tenham pressa em retirar o dinheiro e possam deixá-lo rendendo pelo prazo contratado. Pense numa quantia mínima de R$ 30 mil para que ela ofereça um bom retorno.

Letra de Crédito do Agronegócio (LCA)

A Letra de Crédito do Agronegócio é um título muito similar à LCI, vista anteriormente. Como objetivo de captar recursos para participantes do agronegócio. Neste tipo de título também não há muito risco devido ao fato dele ser amparado pelo FGC. A remuneração desta Letra de Crédito também pode ser uma taxa prefixada, ou pós-fixada baseada no percentual do CDI ou um índice de inflação (IPCA/IGPM) acrescida de uma taxa prefixada.

No caso da pós-fixada com rentabilidade baseada no CDI, o banco irá remunerar seu dinheiro com uma porcentagem do CDI a ser negociada, ou seja, quanto mais alta a Selic e o % (?) do CDI contratado, maior é a rentabilidade.

DICAS

1. Avalie as opções de LCA tanto nos bancos quanto em outras instituições como corretoras autorizadas. A concorrência entre estes agentes é decisiva para que você consiga uma melhor taxa de juros.

2.  Quanto maior prazo de vencimento, maior a rentabilidade.

3. Diversifique o seu investimento e garanta 100% do seu capital protegido pelo FGC.

Investimentos garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC)

Até aqui, muito falamos sobre a proteção dada pelo FGC, contudo, você deva estar se perguntando de que se trata este Fundo. Ele é uma entidade sem fins lucrativos de índole privada que tem como principal objetivo a recuperação de depósitos ou créditos de poupadores e investidores, caso a instituição financeira, onde foi feito o investimento, decrete falência, venha a ser liquidada ou sofra intervenção.

Vamos listar aqui os principais créditos garantidos pelo FGC:

  • Poupança;
  • depósitos à vista ou sacáveis com aviso prévio;
  • letras de câmbio;
  • letras hipotecárias;
  • letras de crédito de agronegócio;
  • letras de crédito imobiliário.

O Fundo Garantidor de Crédito oferece a recuperação de até R$ 250 mil por CPF ou CNPJ por instituição financeira. Se quiser investir mais do que isso (vírgula) opte por diversificar a carteira entre diversas instituições financeiras.

Uma regra importante de saber é que você tem o limite de R$ 1 milhão de cobertura por CPF ou CNPJ em um prazo de 4 anos. Após esse prazo da utilização do FGC, a cobertura se regenera. Uma estratégia que pode ser utilizada se você tem mais que R$ 1 milhão, é investir por uma corretora que faz uma pré análise das instituições que estão na sua plataforma. 

*antes de investir consulte as regras gerais no site do FGC.

Esta é a função de um Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior do que o gerente do seu banco ou corretoras digitais e monitorar o mercado em busca de oportunidades que se enquadram em sua realidade, são atribuições do Assessor de Investimentos.

O papel dele é unir seus objetivos pessoas e profissionais, momento financeiro, perfil de investidor e avaliar o mercado para te apoiar com os investimentos que estiverem alinhados com seu momento.

Disponibilizo abaixo, a oportunidade de você realizar um diagnóstico e tirar todas as suas dúvidas sobre investimentos, conversando com um especialista no assunto.