Investimentos a curto prazo: Como escolher

Késia Rodrigues
Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por tecnologia, investimentos e viagens.

Crédito: Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

Quem procura pelos melhores investimentos a curto prazo irá encontrar nas aplicações entre três e 12 meses algumas opções interessantes.

Investir no curto prazo pode ser uma excelente opção para quem está em busca de liquidez e bons rendimentos, mas é importante lembrar que o retorno de uma aplicação depende, além do tempo, de outros fatores como o risco envolvido e a liquidez do ativo.

Ter um investimento de curto prazo é parte muito importante da carteira de qualquer investidor, seja iniciante ou mesmo o mais experiente, seja para criar uma reserva de emergência ou mesmo para realizar algum sonho próximo.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

A partir de agora, você irá aprender um pouco mais sobre os melhores investimentos a curto prazo em 2019, suas características e como investir. Confira!

Para quem são os investimentos a curto prazo?

Investir no curto prazo é para todos os tipos de investidores, desde os mais conservadores até os mais arrojados. Isso porque esse tipo de investimento busca sempre a melhor relação entre liquidez e rentabilidade.

É por esse motivo que a maior parte dos especialistas em investimentos recomenda que todos tenham em sua carteira pelo menos uma aplicação desse tipo.

Como os investimentos a curto prazo possuem alta liquidez, são ideais para formar uma reserva de emergência, ou seja, aquele dinheirinho que você deixa guardado para usar em situações extraordinárias como o nascimento de um filho, uma despesa inesperada ou mesmo a perda de um emprego.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By romankosolapov

O recomendável é que você tenha uma reserva de emergência que seja equivalente ao seu custo de vida de, pelo menos, seis meses. Esse valor pode ser totalmente investido em ativos de curto prazo.

Dessa forma, caso você precise do dinheiro investido com certa urgência, não ficará com todo o seu capital imobilizado ou mesmo correrá o risco de perder dinheiro ao realizar o saque antecipado.

Então eu preciso ter bastante dinheiro para começar a investir no curto prazo?

Grande parte dos investidores principiantes não conta com um grande patrimônio em capital. Além disso, quem está iniciando normalmente não possui grandes conhecimentos do mercado financeiro, o que pode levar essas pessoas a fazer escolhas que não são as melhores.

Assim, mesmo que você não tenha muito dinheiro em mãos ou esteja começando a investir é indicado que comece a fazer aportes de curto prazo, pois são infinitamente melhores que a poupança no que tange ao rendimento e tão seguros quanto.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By vadymvdrobot

Confira o artigo escrito por Juliano Custódio, CEO da EuQueroInvestir, sobre os melhores investimentos para 2019 e tenha um norte de por onde começar. Além disso, você também pode contar com a ajuda de um de nossos assessores de investimentos, que irão ajudá-lo a montar uma carteira focada em seus planos e objetivos, tudo isso sem te cobrar nada.

Quando é melhor investir no longo prazo?

Em regra, as pessoas que procuram por investimentos de longo prazo são aquelas que já possuem um fundo de emergência e que não precisarão do dinheiro pelos próximos anos.

Essa é uma forma de ter tranquilidade no futuro e garantir uma aposentadoria com mais dinheiro.

Investir no longo prazo é algo que deve ser analisado individualmente, pois cada pessoa possui um perfil diferente como investidor. Se você ainda não sabe qual é o seu, não deixe de fazer o nosso teste de perfil de investidor.

As aplicações de longo prazo podem garantir um retorno melhor, isso a depender de outros fatores como a sua liquidez e o risco envolvido. Ações, LCIs e LCAs de longo prazo são grandes apostas para quem quer diversificar a sua carteira de investimentos e ver o seu patrimônio crescer com o passar dos anos.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By stevanovicigor

Como funcionam os investimentos de curto prazo

Antes de realizar investimentos a curto prazo em 2019, é importante que você saiba como eles funcionam.

Um investimento a curto prazo é aquele feito em um período de até 12 meses. O mercado de renda fixa possui diversas opções nesse sentido, como CDBs, LCIs, LCAs, Tesouro Direito e muitos outros.

Entre as vantagens de começar a investir em ativos de curto prazo está a segurança, pois alguns deles contam com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Ou seja, caso o banco que emitiu o título tenha problemas para pagar seus investidores, você receberá de volta aquilo que investiu até R$ 250 mil (por CPF e por instituição financeira).

Vale lembrar que riscos maiores, geralmente, trazem retornos maiores, no entanto, é importante pesar esses fatores antes de tomar alguma decisão para não atrasar os seus planos de curto prazo.

O que é preciso observar antes de investir a curto prazo?

Alguns pontos importantes devem ser observados por quem deseja iniciar investimentos a curto prazo. Um deles é a questão da tributação.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By dolgachov

As aplicações que são retiradas em até 180 dias são tributadas pelo Imposto de Renda em 22,5% sobre o resultado obtido. Além disso, algumas instituições financeiras ainda podem ter taxas, o que acaba reduzindo ainda mais o retorno do investimento.

Confira a tabela regressiva de tributação sobre investimentos vigente:

Imposto de Renda (IR) sobre investimentos
PrazoAlíquota
Até 180 dias22,5%
De 181 a 360 dias20%
De 361 a 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

A boa notícia é que grande parte dos ativos recomendados para o curto prazo são isentos dessa tributação. É o caso, por exemplo, do Tesouro Selic, das LCIs e LCAs.

Caso você opte por um produto que tenha tributação, é importante sempre observar se a rentabilidade do ativo supera o valor do tributo e das eventuais taxas cobradas pela instituição financeira.

Esse é o caso, por exemplo, de alguns CDBs que rendem pelo menos 100% da CDI. Já entre os investimentos isentos do IR é possível encontrar rentabilidades próximas a 90% da CDI no curto prazo, o que já é considerado um retorno interessante.

Outro ponto que deve ser observado é a relação entre prazo, segurança e liquidez, pois pode interferir de maneira definitiva no retorno esperado.

Existem alguns fatores que podem melhorar a rentabilidade de um ativo de renda fixa, são eles:

  • Período maior de aplicação;
  • Menor liquidez;
  • Maior volume de aporte;
  • Maior risco envolvido;
  • Baixos custos de operação.

Somar todos esses fatores em um único produto nem sempre é possível, pois você sempre acaba tendo de abrir mão de um ou mais deles ao escolher entre os produtos disponíveis.

Assim, a recomendação dos especialistas na área de finanças quanto aos investimentos de curto prazo é tentar uma combinação de três fatores mais importantes: grande liquidez, segurança e baixos custos de operação.

Como investir a curto prazo

Se você tem planos de fazer investimentos a curto prazo em 2019, saiba que é preciso fazer um bom planejamento para que você consiga atingir os seus objetivos dentro do prazo desejado.

 

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Elegant01

Isso é importante, pois há vários investimentos de curto prazo que contam um período de carência, logo, não será possível resgatar o dinheiro antes da data predeterminada na contratação.

Alguns CDBs podem ter uma carência de no mínimo três meses, mas esse prazo também pode ser maior a depender do produto.

Apesar de a poupança possuir uma liquidez gigantesca, uma vez que você pode sacar o dinheiro a qualquer momento, o seu rendimento é péssimo e só ocorre se o dinheiro permanecer em conta por pelo menos 30 dias.

Já o Tesouro Selic, por sua vez, também conta com muita liquidez, visto que o resgate do dinheiro pode ser feito em apenas um dia útil, logo, é uma opção interessante para quem precisa de liquidez em seus investimentos.

Ao elaborar o seu planejamento é preciso levar em conta alguns fatores, tais como:

  • A sua renda mensal;
  • O seu custo de vida; e
  • Quais são os custos de despesas inesperadas que podem ocorrer nos próximos meses (ex.: manutenção do carro, reformas na casa, uma viagem etc.).

Com base nisso, você poderá ir montando a sua carteira de investimentos de curto, médio e longo prazo.

Melhores investimentos a curto prazo em 2019

Para te ajudar a escolher os melhores investimentos a curto prazo em 2019 consultamos o assessor de investimentos André Arantes, aqui da EuQueroInvestir. Para ele, as melhores opções desse tipo de investimento atualmente são as LCIs, LCAs e os fundos de liquidez diária.

LCI (Letra de Crédito Imobiliária)

Esses títulos possuem como principal característica a isenção do Imposto de Renda e são considerados uma excelente opção para investir no curto prazo. Os papéis com prazo entre 90 e 180 dias chegam a render algo próximo de 90% da CDI, o que pode representar um retorno mensal superior a 0,5%.

Apesar de parecer pequena, essa é uma boa rentabilidade se considerado o tempo do investimento. Além disso, esse retorno chega a ser maior que o da poupança e ainda protege o seu dinheiro da desvalorização promovida pela inflação.

O resgate das LCIs pode ser feito após 90 dias da data da compra, isso a depender do contrato estabelecido no momento da compra do ativo.

LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)

As LCAs funcionam basicamente da mesma forma que as LCIs, com a diferença de que elas são destinadas a financiar o agronegócio brasileiro e não o mercado imobiliário.

Essas aplicações também são isentas do Imposto de Renda e tem a sua data de vencimento e a taxa de rentabilidade definidos no momento da compra.

Como as LCAs permitem aportes maiores e por um prazo mais longo que as LCIs, essa também é uma boa opção para quem deseja investir no médio ou no longo prazo.

Fundos com liquidez diária

Os fundos são formados por um grupo de pessoas que se reúnem para investir conjuntamente. Cada participante do fundo é dono de uma parte da aplicação denominada “cota” e há um gestor responsável pelas aplicações do fundo.

Os fundos podem contar com liquidez e rentabilidades bem diversas, logo, a curto prazo, o ideal é procurar por fundos que contem com liquidez diária, uma vez que pode ser necessário retirar o dinheiro rapidamente em uma situação de emergência.

Existem fundos que são especializados em trabalhar com produtos de renda fixa (como CDBs e títulos públicos), produtos que também contam com uma excelente margem de liquidez. Logo, é importante que você esteja atento a todas as condições antes de começar a investir em fundos.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/By Rawpixel

Outras opções de investimentos a curto prazo

Ao longo deste artigo, citamos alguns produtos que são bastante procurados por quem deseja investir no curto prazo, são eles: CDB e Tesouro Selic. Esses produtos também garantem boa rentabilidade, segurança e liquidez, uma vez que são garantidos pelo FGC e pelo Governo Federal, respectivamente.

CDB (Certificado de Depósito Interbancário)

Quando você adquire um CDB está, na verdade, emprestando dinheiro a um banco. Em razão desse empréstimo, os bancos pagam aos investidores os juros do período, o que pode ser bem interessante em alguns casos.

Bancos menores, por exemplo, chegam a pagar rendimentos acima de 100% da CDI. Por isso é importante ficar atento e adquirir esses títulos sempre que possível.

Vale lembrar que o CDB possui um prazo de carência para o resgate e que esse deve ser respeitado para que você obtenha a melhor rentabilidade possível.

Para quem não pode esperar, uma dica é apostar em CDBS com liquidez diária. Apesar de o retorno ser um pouco menor, nele você pode retirar o dinheiro com facilidade no momento que precisar.

Uma dica importante é investir em CDBs por meio das corretoras de investimentos, pois possuem condições muito melhores que as oferecidas pelos grandes bancos do varejo. A XP Investimentos conta com uma vasta experiência nesse sentido.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título público emitido pelo Tesouro Nacional e com garantia de pagamento do próprio Governo Federal.

Isso torna o Tesouro Selic o título mais seguro para quem deseja investir no curto prazo, uma vez que não é preciso esperar que o pagamento seja feito pelo FGC em caso de insolvência do devedor.

Entretanto, vale lembrar da regra mais importante dos investimentos: quanto maior a segurança, menor o retorno.

Além disso, em tempos de juros baixos, com a Selic em torno de 6,5%, o retorno do Tesouro Selic tende a ser menor. Ou seja, por enquanto é mais interessante apostar nas outras opções de investimentos a curto prazo como as LCIs, LCAs e fundos para garantir uma maior rentabilidade.

Crédito da imagem: Banco de Imagens EnvatoElements/by amenic181

Lembre-se que a equipe da EuQueroInvestir está pronta para te ajudar a escolher os melhores investimentos a curto prazo em 2019. Entre em contato com os nossos assessores de investimentos gratuitamente por meio do site. Eles irão ajudá-lo a montar uma carteira diversificada e focada em seus planos para o futuro.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.