Brasil teve investimento líquido negativo entre 2016 e 2019, diz Ipea

Giovanna Castro
Jornalista formada pela UNESP.
1

Crédito: Creative Commons

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta terça-feira (8) duas pesquisas inéditas com dados sobre investimento líquido e estoque de capital no Brasil de 1947 a junho de 2020.

Os estudos mostram que o país teve investimento líquido negativo entre 2016 e 2019 e que esse saldo voltou a ser positivo no começo deste ano, levando em conta o acumulado de 12 meses.

O período de quatro anos anteriores a 2020 foi o único em toda a série histórica com resultados negativos, disse o Ipea.

Conheça a FinTwit, o maior fórum de finanças do mundo.

Hoje o Twitter é pauta na Money Week.

A depreciação foi tão grande que, mesmo com a retomada do crescimento dos investimentos brutos em 2017, somente em 2020 o saldo voltou a ficar maior que o investimento necessário para repor a perda, levando em conta também o aumento da capacidade instalada no estoque de capital.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

O estudo do Ipea

As novas pesquisas se intitulam “Estoque de Capital Fixo no Brasil: séries desagregadas anuais, trimestrais e mensais” e “Investimento Líquido e Estoque de Capital: desempenho recente”.

O estudo de investimento líquido passará a ser divulgado trimestralmente pelo Grupo de Conjuntura do instituto.

A série do Ipea tem como base dados anuais desagregados de 1947 a 2017 (último ano das contas nacionais anuais do IBGE), além de relatórios mensais e/ou trimestrais de janeiro de 1980 a hoje.

Os dados anuais são setorizados em máquinas e equipamentos; construção – infraestrutura; construção – residencial; outras construções; e outros.

“A série histórica de estoque de capital é fundamental para estudos de crescimento econômico e para estimação do produto potencial – variável muito utilizada em análises de política monetária e de política fiscal”, disse o instituto.

“As atualizações dos dados mensais de investimento líquido e de estoque de capital, que passarão a ser divulgados trimestralmente pelo Ipea, são, portanto, importantes tanto na análise conjuntural de curto prazo quanto em estudos da capacidade produtiva de longo prazo”, concluiu.

Aumente seus ganhos. Consulte nossa Planilha de Monitoramento de Carteira