Intermédica (GNID3) adquire grupo hospitalar no PR por R$ 170 mi

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Notre Dame GNDI3

A Notre Dame Intermédica (GNID3) informou que a Clinipam, subsidiária integral da Companhia, celebrou a aquisição do Hospital do Coração de Londrina.

A transação foi realizada pelo montante de R$ 170 milhões que será pago à vista, em dinheiro, descontados o endividamento líquido e uma parcela retida para contingências.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

A transação está sujeita à aprovação prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

“Com esta Transação, a Companhia reforça sua intenção em manter a estratégia de crescimento no sul do país, reafirmando seu compromisso com a criação de valor para seus acionistas, clientes e sociedade”, declarou a Notre Dame.

O Grupo Hospitalar de Londrina gerencia dois hospitais gerais de alta complexidade totalizando 248 leitos, sendo 83 de UTI, além de dois centros clínicos com 32 consultórios, todos em Londrina/PR.

Em 2019, o Grupo Hospitalar de Londrina apresentou um faturamento líquido de R$ 135,2 milhões.

Invepar (IVPR4B): ANAC aprova revisão de concessão do Aeroporto Internacional de Guarulhos

A Invepar (IVPR4B) e a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport) informaram que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou nesta terça-feira (24), a revisão do contrato de concessão do GRU Airport.

A revisão do contrato se deu em razão dos impactos econômicos decorrentes da pandemia do Coronavírus para o setor de concessões aeroportuárias.

O valor reconhecido pela ANAC é na ordem de R$ 854,9 milhões.

Este montante, após aprovação formal da Secretaria Nacional de Aviação Civil, será descontado do valor da outorga fixa, como usualmente é realizado em processos de reequilíbrios de contas.

A Invepar e GRU Airport informaram ainda que estão sendo estudadas e analisadas opções para a recomposição das condições econômico-financeiras do contrato de concessão no longo prazo.

Linx (LINX3): Genesis Investment reduz participação acionária

A Linx (LINX3) informou que a acionista Genesis Investment Management, com sede em Londres, reduziu sua participação para 3,10% do total de ações ordinárias da Companhia.

Desse modo, a partir de agora a Genesis passa a deter 5.880.874 ações ordinárias da Linx.

Leia Mais:

Money Week: BC estuda PIX para conta de investimento nas corretoras

Melhor investimento: onde investir durante e após a crise

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado