Inflação para os mais carentes aumenta para 0,93%, diz FGV

Redação EuQueroInvestir
Colaborador do Torcedores

Crédito: Shutterstock

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe I (IPC-C1) – indicador que mede a inflação de famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos – registrou inflação de 0,93% em dezembro de 2019, de acordo com os dados divulgados na manhã desta segunda-feira (6) pela Fundação Getúlio Vargas. O índice apresentou aceleração em relação ao mês de novembro (0,56%).

Em relação ao ano, a alta do IPC-C1 foi de 4,60% em 2019 contra 4,11% do índice geral.

Taxas de variação

Segundo os dados da FGV, as categorias de despesa que apresentaram elevação em suas taxas de variação foram:

  • Alimentação: 0,60% para 3,08%
  • Transportes: 0,19% para 0,82%
  • Saúde e cuidados pessoais: 0,11% para 0,31%
  • Vestuário: 0,32% para 0,46%

Por outro lado, as classes que registraram recuos na taxa de variação foram:

  • Habitação: 0,70% para -0,96%
  • Despesas diversas: 2,48% para 1,40%
  • Jogos de loteria: 26,16% para 10,21%
  • Passagem aérea: 15,08% para -3,82%
  • Tarifa de telefone residencial: 0,17% para – 0,17%