EUA: inflação ao consumidor levanta alerta sobre ciclo de alta dos preços

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A inflação nos Estados Unidos ficou acima do esperado. O Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), registrou 0,6% em maio. O projetado pelo mercado era que este índice ficasse em 0,5%.

Já o seguro desemprego ficou abaixo da semana anterior. Foram reportados 376 mil pedidos contra 385 mil na semana passada. Todavia, o patamar atual ficou em linha com as projeções, que eram de 370 mil pedidos.

Segundo análise do BTG Pactual (BPAC11), a nova aceleração nos índices inflacionários norte-americanos traz temores ao mercado, especialmente em relação à duração da alta nos preços.

Inflação nos EUA: receio de alta não temporária

Para o banco de investimentos, o dado da inflação pode ampliar o receio de agentes de mercado de que esta alta de preços não seja algo temporário. “Principalmente pela pressão no núcleo de inflação, desafiando o posicionamento do Federal Reserve (Fed), pressionando a instituição a retirar os estímulos”, informou trecho do relatório do BPAC11.

O relatório no entanto, ressalta que o último dado do PCE (índice de inflação preferido pelo Fed) veio em linha com o esperado. Além disso, o último resultado do payroll foi considerado modesto, o que deve sustentar o discurso expansionista do Fed, de manutenção dos estímulos.

“Esperamos que esse número retome a tensão sobre o US Treasury 10, que negociava abaixo de 1,5%, o que pode estressar as bolsas mundiais e as moedas emergentes”, complementa o relatório do banco.

Tapering pode entrar na pauta do FED

Alexandre Viotto, Head Câmbio e Comércio Exterior daEQI Investimentos, disse que o tapering – operação de venda de títulos pelo Fed – pode entrar na pauta. Esta pode ser uma tática adotada pela autoridade monetária norte-americana para controlar a inflação naquele país.

Ele explicou que o tapering já vem sendo adotado desde o ano passado. “Se o Fed não atuar no varejo, a inflação pode subir acima de 2%, ficando entre 3% e 3,5%”, ressaltou ele. Viotto acrescentou que o banco central do país sempre atuou com o índice inflacionário em 2%.

Porém, o tapering não é uma operação trivial. Requer cuidado porque, se feita com pouca cautela, pode causar efeitos colaterais. Entre eles está a queda das bolsas de valores, não só nos Estados Unidos, como também ao redor do mundo.

Com relação aos seguros desempregos, o executivo da EQI explicou que estes condizem com o pagamento do auxílio emergencial, que vai até agosto. Informou que, enquanto as pessoas estiverem recebendo a ajuda governamental, não é esperado um aumento da geração de vagas. Acrescentou que outro item que conta é a retomada do pleno emprego, que pode ocorrer já em 2022.