Inbrands reverte lucro em prejuízo de R$ 30,2 milhões no 3TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A operadora de marcas de modas Inbrands apresentou um prejuízo líquido de R$ 30,2 milhões no terceiro trimestre deste ano. O resultado reverte o lucro de R$ 2,7 milhões do mesmo período do ano passado.

No acumulado dos nove meses do ano, a empresa soma prejuízo de R$ 112,9 milhões. Ou seja, resultado pior do que o prejuízo de R$ 44,4 milhões registrado até setembro de 2019.

Segundo a empresa, as vendas e resultados não estão melhores em função dos gargalos na cadeia de produção.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

A Inbrands diz que, como tudo parou e o consumo voltou, deverá ter 6 meses de ajustes nos suprimentos.

“Isto está prejudicando vendas no varejo, faturamento no atacado e margens, visto que na receita do terceiro trimestre, temos ainda participação relevante de estoques de coleções passadas, com descontos”, afirma a empresa.

Ebitda tem recuo de 88,4%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado da Inbrands foi de R$ 5,1 milhões no 3TRI20. Assim, houve queda de 88,4% em relação aos R$ 43,9 milhões do mesmo período do ano passado.

Já a margem Ebitda ficou em 4,3% nos últimos três meses. No mesmo período de 2019, o indicador foi de 31%.

Receita da Inbrands cai 50,9%

A receita da Inbrands também apresentou queda considerável. Caiu de R$ 141,6 milhões (3TRI19) para R$ 69,5 milhões (3TRI20). Redução de 50,9%.

No acumulado do ano, a receita líquida teve recuo de 55,7% no comparativo com 2019. Passou de R$ 402,4 milhões no terceiro trimestre do ano passado para R$ 178,1 milhões no mesmo período de 2020.

Despesas e resultado financeiro

As despesas de vendas, gerais e administrativas tiveram queda de 35,1%% no 3T20 em relação ao 3T19. E uma queda de 35,6% no 9M20 em relação ao mesmo período do ano anterior (pro-forma).

O resultado financeiro líquido da Inbrands no 3T20 foi uma despesa de R$ 7,3 milhões ante R$ 9,3 milhões. Ou seja, uma queda de 22% em relação ao 3T19.

No 9M20 o resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 30,7 milhões ante R$ 37,0 milhões. Ou seja, queda de 17,0% em relação ao mesmo período do ano anterior (pro-forma).

“Seguimos com nossos ajustes de estrutura e custos. Em dezembro e janeiro já teremos desativados os atuais Hubs de São Paulo e Rio de Janeiro, com novas sedes, readequadas e otimizadas, começando assim, um novo ciclo de crescimento, com otimismo, produtividade e resultados satisfatórios”, pontua a direção da Inbrands.

Resultados Inbrands 3TRI20

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.