Imprensa iraniana diz que responsável por assassinato de Soleimani morreu

Victor Meira
Com formação em Ciências Sociais e Jornalismo, experiência em redação nas editorias de esportes, empregos, concursos, economia e política.

Crédito: Créditos: Getty Images

Diversos veículos de comunicação do Irã informaram que o agente da CIA (agência de inteligência dos EUA) responsável pelo assassinato do general iraniano Qasem Soleimani  foi morto em um avião que teria sido abatido pelo talibã na última segunda-feira (29), na região de Ghazni, no Afeganistão. O nome do agente seria Michael D’Andrea.

A morte de D’Andrea não foi confirmada oficialmente, mas os primeiros relatos sobre a morte dele também foram noticiados pela imprensa russa. Inclusive, a agência de notícias iraniana Tasnim cita fontes russas para afirmar que “o assassino de Suleimani estava no avião e morreu na queda”.

Ainda de acordo com as notícias veiculadas no exterior, D’Andrea “é a mais relevante figura da CIA no Oriente Médio, tendo sido responsável por operações no Iraque, Irã e Afeganistão”. Segundo a imprensa estrangeira, a CIA refere-se a D’Andrea como “Ayatollah Mike” ou “o príncipe das Trevas”.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

Vale lembrar que Suleimani, líder da Guarda Revolucionária do Irã, foi morto no dia 03 de janeiro durante uma visita na cidade de Bagdá, no Iraque. O ataque foi um bombardeio ordenado pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

D’Andrea também seria considerado o cérebro do assassinato do dirigente do Hezbollah libanês Imad Mughniyeh, em 2008.