Iguatemi (IGTA3) reabre mais 2 shoppings; Hapvida (HAPV3) comunica retorno

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Iguatemi/Divulgação

O Iguatemi (IGTA3) anunciou nesta segunda-feira (08) a volta das atividades de mais dois shoppings em São Paulo.

Voltam a funcionar o Shopping Iguatemi Campinas e o Shopping Galleria. Ambos voltam a abrir de segunda a domingo, com horários reduzidos, das 16h às 20h.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

De acordo com o Iguatemi, a retomada será conduzida com o máximo de cuidado e responsabilidade, visando o bem-estar de todos.  “Adotamos diversas medidas de proteção e segurança, como o reforço das rotinas de limpeza, álcool em gel à disposição, áreas de alimentação intensamente higienizadas e com distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas e equipes treinadas para oferecer todo o suporte necessário aos nossos clientes”, diz a empresa.

Assim, o Iguatemi tem hoje nove estabelecimentos em operação. Grande parte deles funciona com sistema drive-thru para que os clientes possam comprar as mercadorias sem sair dos carros.

 

Hapvida (HAPV3) retoma atividades

A Hapvida informou nesta segunda-feira (08) que retomou integralmente de forma presencial as atividades administrativas na sede de Fortaleza e demais regiões do país.

A empresa de saúde afirma que tomou uma série de medidas para evitar a disseminação do coronavírus nas suas unidades. Dentre elas estão a realização de testagem nos funcionários, aferição diária de temperatura e disponibilização de máscaras para todos.

Em 26 de março a Hapvida havia comunicado a suspensão por 60 dias de novos contratos de aquisições. Passado este período, a suspensão não foi prorrogada. E, agora, a Hapvida está apta a assinar novos contratos de aquisição, com base em uma política conservadora de caixa mínimo de segurança estabelecido pela administração.

A empresa firma também que conseguiu renegociar 48% de seus contratos. Isso resultou em uma economia de R$ 1 milhão, diluído ao longo de 90 dias.

 

Justiça garante à Restoque (LLIS3) recuperação judicial

A Restoque (LLIS3) anunciou nesta segunda-feira (08) que conseguiu decisão judicial garantindo o processo de pedido de homologação do plano de recuperação extrajudicial da companhia.

A companhia reiterou que o plano abrange apenas os credores financeiros (instituições financeiras e debenturistas). Ou seja, não envolve fornecedores, colaboradores ou outros parceiros comerciais.