FII: IFIX avança 0,06%; PLCR11 e OULG11 puxam alta

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Unsplash

Em um dia com poucas oscilações, o IFIX fechou o pregão desta quarta-feira, 9, em leve alta de 0,06%, aos 2.788,53 pontos.

Na mínima do dia, o índice de FIIs bateu os 2.785,89 pontos. Já a máxima registrada foi de 2.790,66 pontos.

Para setembro, o IFIX registra valorização de 0,23%, enquanto no ano a queda é de 11,95%.

Baixe planilha que irá te ajudar a analisar Fundos Imobiliários.

A movimentação financeira para esta quarta foi de R$ 168,26 milhões.

Maiores altas

Entre os Fundos Imobiliários que puxaram a alta estavam: Plural Recebíveis Imobiliários (PLCR11), Ourinvest Logística (OULG11), CSHG Imobiliário FOF (HGFF11), VBI CRI (CVBI11), GGR COVEPI (GGRC11).

Na outra ponta, as maiores quedas da carteira puderam ser vistas nos fundos: REC Renda imobiliária (RECT11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), Santander Renda de Aluguéis (SARE11), BB Progressivo (BBFI11B), Mogno Fundo de Fundos (MGFF11).

 

 

Veja o gráfico do dia

Ifix

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
PLCR11R$ 84,063,33%
OULG11R$ 93,892,25%
HGFF11R$ 101,291,70%
CVBI11R$ 92,631,62%
GGRC11R$ 145,731,21%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
RECT11R$ 96,70-2,25%
RCRB11R$ 175,16-2,07%
SARE11R$ 99,30-1,35%
BBFI11BR$ 2.394,00-1,34%
MGFF11R$ 93,68-1,34%

IFIX versus ações

Criado pela Bolsa brasileira, o IFIX tem por objetivo medir a performance de uma carteira.

Trata-se de uma composição de cotas de Fundos Imobiliários que são listados para negociação nos ambientes administrados pela bolsa. Entretanto, esse indicador costuma variar bem menos que o próprio Ibovespa.

Em comparação à bolsa, nesta quarta-feira, o conjunto de fundos de investimentos imobiliários registrou valorização, em linha com o principal índice da bolsa, que subiu 1,24%.

Veja a movimentação dos Fundos

VVPR11

O BTG Pactual, administrador do fundo de investimento imobiliário (FII) V2 Properties (VVPR11), informou ao mercado a abertura de nova emissão de cotas do Fundo.

Desse modo, a 4ª emissão será de 1.991.834 cotas, por meio das quais o FII pretende levantar o montante de R$ 200 milhões.

O preço de aquisição por cota da 4ª emissão será de R$ 100,41 por nova cota.

O administrador informou ainda que não haverá a possibilidade de lote adicional e de lote suplementar de emissão.

A oferta é destinada exclusivamente a investidores profissionais.

Será assegurado aos cotistas do Fundo, o direito de exercer a preferência na subscrição dentro do prazo entre 15 de setembro de 2020 até 28 de setembro de 2020.

Segundo o comunicado, os recursos captados serão destinado à aquisição pelo Fundo de ativos alvo, conforme definidos no regulamento.

O LVBI11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seus recursos são destinados, sobretudo, a investimentos em empreendimentos imobiliários de lajes corporativas e escritórios.

JRDM11

O FII Shopping Jardim Sul (JRDM11), proprietário de 40% do empreendimento Shopping Jardim Sul, comunicou que a administradora do Fundo optou por manter a decisão de não distribuição do rendimento mensal aos cotistas, referente à julho.

A decisão está relacionada aos impactos da propagação do Covid-19 e de seus efeitos sobre o fechamento temporário de todos shoppings do estado de São Paulo.

Segundo o Fundo, esta medida está sendo reavaliada até que se tenha maior visibilidade quanto aos impactos no fluxo de caixa do Shopping Jardim Sul.

XPHT11

A Genial Investimentos, administradora do FII XP Hoteis (XPHT11), informou que as atividades do Hotel Ibis Budget Paraíso, situado em São Paulo (SP) foram retomadas na data de ontem, 8.

Dessa forma, do portfólio investido pelo Fundo, somente o Hotel Ibis Budget Foz do Iguaçu ainda permanece com suas atividades suspensas.

Conforme o comunicado, a reabertura das operações hoteleiras levou em consideração uma série de fatores, como, por exemplo, a adoção de protocolos mais rigorosos de limpeza e higiene.

Consulte nossa Planilha de Fundos Imobiliários