FII: IFIX avança 0,02%; CARE11 e HTMX11 puxam alta

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Pexels

Nesta quarta-feira (29), o IFIX seguiu em viés de alta e fechou o dia com avanço de 0,02%, aos 2.723,24 pontos.

Em um dia com poucas oscilações, a mínima para o índice de FIIs foi de 2.719,42 pontos. Já na máxima, o índice atingiu, hoje, os 2.727,80 pontos.

Para o acumulado de julho, o índice registra uma desvalorização de 2,96%. No ano, a queda é de 14,2%.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

A movimentação financeira para o dia foi de R$ 189,40 milhões.

Maiores altas

As maiores altas na carteira do IFIX foram puxadas pelos fundos: Brazilian GraveyardDeath (CARE11), Hotel Maxinvest (HTMX11), Mogno Fundo de Fundos (MGFF11), General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), FOF Integral Brei (IBFF11).

Na contramão, as maiores quedas foram nos FIIs: BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11), Floripa Shopping (FLRP11), VBI Logístico (LVBI11), CEO Cyrela Commercial Properties (CEOC11), The One (ONEF11).

Conheça nossa planilha de fundos imobiliários

Veja o gráfico do dia

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
CARE110,898,54%
HTMX11115,004,97%
MGFF1195,002,70%
FIGS1161,602,48%
IBFF1174,201,50%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
BCFF1184,30-2,99%
FLRP111.331,05-2,84%
LVBI11131,31-2,73%
CEOC1178,80-2,66%
ONEF11146,50-2,59%

Conheça nossa planilha de fundos imobiliários

IFIX versus ações

Criado pela Bolsa brasileira, o IFIX tem por objetivo medir a performance de uma carteira.

Trata-se de uma composição de cotas de Fundos Imobiliários que são listados para negociação nos ambientes administrados pela bolsa. Entretanto, esse indicador costuma variar bem menos que o próprio Ibovespa.

Em comparação à bolsa, nesta quarta-feira, o conjunto de fundos de investimentos imobiliários registrou valorização, em linha com o principal índice da bolsa, que subiu 1,44%.