FII: IFIX recua 0,02% pressionado por KFOF11 e BRCO11

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Unsplash

Nesta terça-feira (24), o IFIX apresentou pouca variação ao longo da sessão, fechando o dia em queda de 0,02%, aos 2.796,51 pontos.

A mínima para o dia no índice bateu em 2.796,24 pontos, enquanto a máxima foi de 2.800,27 pontos.

Para o acumulado de novembro, o IFIX registra alta de 1,07%. No ano, a queda é de 12,45%.

Aprenda a interpretar o cenário dos investimentos com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

A movimentação financeira para a terça-feira foi de R$ 199,03 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas da carteira foram em: XP Corporate Macaé (XPCM11), Hectare CE (HCTR11), Iridium Recebíveis Imobiliários (IRDM11), XP Properties (XPPR11), Barigui Rendimentos (BARI11).

Por outro lado, as maiores quedas foram em: Kinea Fundo de Fundos (KFOF11), Bresco Logística (BRCO11), XP Selection (XPSF11), VBI Logístico (LVBI11), RBR Alpha Multiestratégia Real Estate (RBRF11).

Veja o gráfico do dia

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
XPCM11R$ 55,163,24%
HCTR11R$ 141,601,51%
IRDM11R$ 120,401,13%
XPPR11R$ 86,001,00%
BARI11R$ 110,500,94%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
KFOF11R$ 107,80-1,19%
BRCO11R$ 118,85-0,96%
XPSF11R$ 94,15-0,92%
LVBI11R$ 117,00-0,86%
RBRF11R$ 97,19-0,83%

IFIX versus ações

Criado pela Bolsa brasileira, o IFIX tem por objetivo medir a performance de uma carteira.

Trata-se de uma composição de cotas de Fundos Imobiliários que são listados para negociação nos ambientes administrados pela bolsa. Entretanto, esse indicador costuma variar bem menos que o próprio Ibovespa.

Em comparação à bolsa, nesta terça o conjunto de FIIs registrou desvalorização, em sentido contrário ao  principal índice da bolsa, que saltou 2,24%.

Veja a movimentação de FII

ATSA11 comunica 4ª emissão de cotas do Fundo

A Hedge Investiments, administradora do  fundo de investimento imobiliário (FII) Hedge Atrium Shopping Santo André (ATSA11), comunicou a 4ª emissão de cotas do Fundo.

Com a nova oferta, serão lançadas 56.570 cotas, pelo valor unitário de R$ 110,34. Dessa forma, o montante total da oferta restrita será de até será de até R$ 6,24 milhões.

Os cotistas que tiverem interesse em exercer o direito de preferência deverão se manifestar entre os dias 30 de novembro de 2020 a 10 de dezembro de 2020, inclusive, na B3.

A administradora informou que será admitida a distribuição parcial das cotas, respeitado o montante mínimo da oferta. Entretanto, caso o montante mínimo não seja atingido, a oferta restrita será cancelada.

A 4ª emissão do ATSA11 será destinada exclusivamente a investidores profissionais.

BMLC11B altera ticker para BMLC11

O FII BM Brascan lajes Corporativas (BMLC11B), administrado pelo BTG Pactual, comunicou que a B3 autorizou a transferência da negociação das cotas do Fundo do mercado de balcão organizado para o mercado de Bolsa.

Com a transferência, o código de negociação do Fundo (ticker) se altera de BMLC11B para BMLC11, excluindo-se, portanto, apenas a indicação de mercado de balcão organizado feita pela letra “B”.

O BTG informou que a mudança não terá nenhum impacto financeiro ou custo adicional ao Fundo.

As cotas passarão a ser negociadas na B3, com o novo ticker, a partir de 26 de novembro de 2020.

FII: Confira os rendimentos divulgados

EDGA11: R$ 0,15 por cota em 30/11

RZTR11: R$ 0,65 por cota em 30/11

Leia mais:

FII: conheça os 20 fundos imobiliários mais rentáveis de 2020