FII: IFIX fecha a semana em queda de 0,10%; no dia, avança 0,19%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Flickr

Nesta sexta-feira (23) o IFIX fechou o pregão em alta de 0,19%, aos 2844,63 pontos.

Já no acumulado semanal, o índice recuou 0,10%, terceira semana seguida de queda.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Em abril, o IFIX recua 0,08%, enquanto cai 0,87% em 2021. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 201,35 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas do IFIX foram em: Ourinvest JPP (OUJP11), Banestes Recebíveis Imobiliários (BCRI11), Vectis Juros Real (VCJR11), BB Progressivo (BBFI11B), VBI Logístico (LVBI11).

Na contramão, as maiores quedas foram em: Tordesilhas EI (TORD11), Kinea Índices de Preços (KNIP11), VBI Prime Properties (PVBI11), Ourinvest Logística (OULG11), TRX Real Estate (TRXF11).

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
OUJP11R$ 104,741,87%
BCRI11R$ 116,851,80%
VCJR11R$ 102,981,71%
BBFI11BR$ 2.500,001,63%
LVBI11R$ 108,201,31%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
TORD11R$ 10,73-1,20%
KNIP11R$ 114,30-0,59%
PVBI11R$ 95,81-0,57%
OULG11R$ 70,40-0,56%
TRXF11R$ 105,42-0,55%

Confira as últimas notícias sobre FII

FII VBI Prime Properties (PVBI11)

O BTG Pactual, administrador do FII VBI Prime Properties (PVBI11), informou que o Fundo adquiriu 50% do edifício em construção “Union Faria Lima” pelo montante de R$ 176,46 milhões.

O ativo contará com 10.083 m² de área bruta locável, dividida em 20 pavimentos com conjuntos que podem variar de 319 à 603 m².

A construção está sendo realizada pela Acry e foi iniciada em fevereiro de 2021, com previsão de entrega em outubro de 2023.

A lavratura da escritura de compra e venda da fração de 50% do empreendimento ao Fundo está prevista para ocorrer após a conclusão da construção do empreendimento.

FII Alianza Multioffices (MTOF11)

A B3 informou que em 23 de abril serão iniciados, no mercado de bolsa, os negócios com as cotas subscritas e integralizadas de emissão do FII Alianza Multioffices.

O nome de pregão será “FII MULT OF1”, cujo código de negociação corresponde a “MTOF11”.

Serão admitidas a negociação 1.956.000 cotas, ao preço de R$ 97,87. O FII MULT OF1 é destinado a investidores em geral.

FII SDI Rio Bravo Renda Logística (SDIL11)

A Rio Bravo Investimentos, na qualidade de instituição administradora do FII SDI Rio Bravo Renda Logística (SDIL11), celebrou o compromisso de compra e venda do Centro Logístico Contagem (CLC), localizado no município de Contagem, no principal corredor logístico de Minas Gerais.

A administradora informou que a partir de 22 de abril o Fundo passa a fazer jus a toda a receita integral decorrente da locação do CLC.

O CLC está totalmente locado para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, com o contrato de locação vigente classificado como atípico, na modalidade Built-to-Suit (BTS) e prazo de vencimento em 2034.

A transação foi realizada pelo montante equivalente a R$ 155 milhões.

Adicionalmente, a Rio Bravo comunicou que o Fundo já tem assinado uma proposta para aquisição do terreno vizinho ao CLC, com compromisso de compra e venda atualmente em discussão.

No referido ativo (Imóvel II) será desenvolvido um condomínio AAA, com 25.000 m² de área locável, com projeção de entrega no primeiro semestre de 2022.

A operação total (incluindo a aquisição do CLC e Imóvel II), equivale a R$ 421 milhões.