FII: IFIX fecha a semana em alta de 0,18%; no dia cai 0,27%

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O IFIX fechou a terceira semana de janeiro em alta de 0,18%, após duas semanas seguidas de queda.

No dia, o índice recuou 0,27%, aos 2862,97 pontos.

A mínima do dia para o IFIX foi de 2860,60 pontos, enquanto a máxima foi de 2870,98 pontos.

Guia definitivo sobre Renda Variável  e os Melhores Investimentos para 2021

Em janeiro o índice acumula queda de 0,25%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 207,06 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas da carteira do IFIX foram em: XP Corporate Macaé (XPCM11), Votorantim Logística (VTLT11), BB Progressivo (BBFI11B), Habitat II (HABT11), Vinci Offices (VINO11).

Já as maiores quedas foram em: CSHG Imobiliário FOF (HGFF11), General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), Santander Renda de Aluguéis (SARE11), Malls Brasil Plural (MALL11), Plural Recebíveis Imobiliários (PLCR11).

Veja o gráfico do dia

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
XPCM11R$ 55,952,85%
VTLT11R$ 115,001,23%
BBFI11BR$ 2.149,990,94%
HABT11R$ 121,850,84%
VINO11R$ 62,640,79%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
HGFF11R$ 94,70-2,62%
FIGS11R$ 65,79-2,08%
SARE11R$ 93,50-1,53%
MALL11R$ 104,06-1,46%
PLCR11R$ 92,89-1,28%

Veja a movimentação de FII

A B3 comunicou que em 26 de janeiro serão iniciados os negócios do FII Faria Lima Capital Recebíveis Imobiliários, destinado a investidores em geral.

O nome de pregão será “FII FL RECEB” e o código de negociação será “FLCR11”.

Na 1a emissão de cotas, encerrada em 06 de janeiro, foram subscritas e integralizadas 500 mil cotas, ao preço de R$ 100,00 por cota, perfazendo o montante de R$ 50 milhões.

A B3 informou que serão admitidas 390 mil cotas à negociação, sendo que as demais cotas subscritas e integralizadas permanecerão bloqueadas até o termino do período de 90 dias de sua subscrição ou aquisição pelo investidor.

O FII, classificado como de títulos e valores mobiliários, tem por objetivo a obtenção de renda e ganho de capital por meio da aquisição e negociação de Ativos Alvo.

O Fundo será administrado pela BRL Trust e gerido pela Faria Lima Capital Ltda.

RECX11 divulga sua primeira emissão de cotas

O FII Rec Fundo de Fundos (RECX11) divulgou nesta sexta-feira (22) o prospecto preliminar referente a sua primeira emissão de cotas, sob o regime de melhores esforços de colocação.

Conforme o prospecto, a oferta pública será inicialmente de 1 milhão de cotas, ao preço de R$100,00 cada, perfazendo o montante total de R$ 100 milhões.

No entanto, a oferta pode ser aumentada em virtude de lote adicional ou diminuída em função de distribuição parcial.

O período compreendido entre os dias 13 de janeiro de 2021 e 03 de fevereiro de 2021 (inclusive), foram estabelecidos para fins do recebimento dos pedidos de reserva.

Já o valor mínimo a ser subscrito por investidor será de 10, totalizando a importância de R$1.000,00 por Investidor.

Os recursos da oferta serão destinados prioritariamente para a aquisição de ativos imobiliários, sendo que os eventuais recursos remanescentes serão utilizados em conformidade com a política de investimento do Fundo.

O RECX11 será administrado pelo BTG Pactual.

FII Bluecap Renda Logística (BLCP11) encerra 2ª emissão de cotas do Fundo

O BTG Pactual, na qualidade de instituição administradora do FII Bluecap Renda Logística (BLCP11), comunicou o encerramento do prazo para o exercício do direito de preferência da 2ª emissão de cotas do Fundo.

Durante o período para o exercício do direito de preferência, foram subscritas e integralizadas 21.944 novas cotas, restando, portanto, 2.093.315 de novas cotas que poderão ser subscritas e integralizadas pelos investidores profissionais.

A manutenção da oferta está condicionada à subscrição e integralização de, no mínimo, R$ 41.737.803,25, a ser acrescida do custo unitário de distribuição.

Confira os rendimentos divulgados

EDGA11: R$ 0,220557004 por cota em 29/01

PBLV11: R$ 28,1847138372268 por cota em 29/01 – referente ao 2º semestre de 2020.