FII: IFIX cai 0,11% na semana e avança 0,11% no dia

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Com poucas oscilações nesta sexta (19), o IFIX fechou o pregão em alta de 0,11%, aos 2893,97 pontos.

Na mínima do dia o índice bateu em 2890,77 pontos, enquanto a máxima foi de 2894,84 pontos.

No acumulado semanal, o IFIX registrou queda de 0,11%, após quatro semanas seguidas de alta.

Simule o rendimento de seus investimentos em Renda Fixa e calcule retorno das aplicações

No acumulado para o mês de fevereiro, o índice registra alta de 0,50% e no ano, avança 0,79%.

A movimentação financeira para hoje foi de R$ 264,90 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas da carteira foram em: Tordesilhas EI (TORD11), Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11), CSHG Imobiliário FOF (HGFF11), JS Real Estate Multigestão (JSRE11), Rio Bravo Renda Educacional (RBED11).

Por outro lado, as maiores quedas foram em: XP Corporate Macaé (XPCM11), Ourinvest Logística (OULG11), XP Properties (XPPR11), Habitat II (HABT11), Grand Plaza Shopping (ABCP11).

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
TORD11R$ 11,723,14%
ALZR11R$ 134,222,85%
HGFF11R$ 97,002,74%
JSRE11R$ 98,641,89%
RBED11R$ 148,981,68%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
XPCM11R$ 40,88-3,79%
OULG11R$ 74,43-2,26%
XPPR11R$ 71,35-2,26%
HABT11R$ 121,12-1,37%
ABCP11R$ 75,76-1,29%

Veja a movimentação de FII

O BTG Pactual (BPAC11) firmou consórcio em conjunto com o Safra e Kinea para a compra de duas das quatro torres do Rochaverá Corporate Towers, localizado em São Paulo (SP).

As torres recém adquiridas — A e B (Marble e Ebony) — são as maiores do empreendimento, e pertenciam a investidores coreanos ligados à Mirae Asset.

A compra, no montante de R$ 1,255 bilhão, foi realizada pelo grupo de investidores formado por Fundos Imobiliários das três instituições. Sendo que os do BTG Pactual e Safra ficaram com 40% do empreendimento cada e Kinea ficou com 20%.

O preço de aquisição implica um cap rate abaixo de 7%.

Atualmente o imóvel está locado para grandes inquilinos como o Banco Votorantim, a SAP, a Boehringer Ingelheim e o Fleury. A vacância gira em torno de 20%.

Essa é a terceira aposta da área de real estate do BTG na região da Chucri Zaidan. Em outubro, FIIs administrados pelo BTG pagaram R$ 1 bilhão pela EZ Tower B, um edifício triple-A, na Avenida Chucri Zaidan.

Em maio de 2020, o BC Fund, gerido também pelo BTG, desembolsou R$ 810 milhões pela Diamond Tower, que pertencia à Multiplan.

Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11) comunica aquisição de imóvel

O BTG Pactual, administrador do FII Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11) comunicou a aquisição definitiva da totalidade do imóvel pertencente a Clariant, localizado na cidade e estado de São Paulo.

Com o pagamento do saldo, no valor de R$ 135,768 milhões, o contrato de locação, atípico e de prazo mínimo de 5 anos, teve seu início de vigência a partir do dia 08 de fevereiro de 2021.

O imóvel possui área de terreno de aproximadamente 32.834m² e área construída de aproximadamente 29.463m².

É dividido em dois edifícios comerciais, sendo um com uso administrativo e de escritórios, representando aproximadamente 80% da área, e um com uso de laboratórios, que representa aproximadamente 20% da área locável/construída.

A Clariant, companhia de capital aberto sediada na Suíça, é uma das líderes mundiais em especialidades químicas, operando segmentos como cosméticos, limpeza, tintas e vernizes, plásticos, agricultura, açúcar e álcool, petroquímica, entre outros.

RB Capital Logístico (RBLG11) comunica 2ª chamada de capital da 2ª emissão

O BTG Pactual, administrador do FII RB Capital Logístico (RBLG11), comunicou a 2ª chamada de capital da 2ª emissão de cotas do Fundo.

Por meio da 2ª chamada deverão ser integralizadas 236.200 cotas A, perfazendo o valor total de R$ 2,770 milhões

A liquidação da 2ª chamada de capital está prevista para ocorrer no dia 26 de fevereiro de 2021.

FII Tellus Properties (TEPP11) comunica aquisição de ativos

O FII Tellus Properties (TEPP11), administrado pela BRL Trust, comunicou a aquisição, na última quinta (18), de 2 unidades do Condomínio Edifício São Luiz, ativo já integrante da carteira Fundo.

Desse modo, foi adquirido o conjunto 62, localizado no 6º andar ou 9º pavimento, pelo valor total de R$ 13 milhões.

Além disso, foi realizada a aquisição do conjunto 72, localizado no 7º andar ou 10º pavimento, sendo desembolsado o montante de R$ 13,5 milhões.                 Ambos os imóveis possuem uma área locável 939,69m2 cada e encontram-se ocupados.

Confira os rendimentos divulgados

XPML11: R$ 0,35 por cota em 25/02

BPML11: R$ 0,605556743 por cota em 25/02

ALZR11: R$ 0,493304061 por cota em 25/02

FCFL11: R$ 0,56 por cota em 25/02

CNES11: R$ 0,168633831 por cota em 25/02