FII: IFIX segue em alta de 0,24% puxado por BBFI11B e CXRI11

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Pxhere

Nesta terça-feira (18), o IFIX fechou as negociações em alta de 0,24%, aos 2.755,25 pontos.

Em um dia com poucas oscilações, o índice de FIIs registrou mínima de 2.748,60 pontos, já na máxima, atingiu os 2.759,01 pontos.

No acumulado de agosto, o índice registra valorização de 0,81%. No ano, a queda é de 13,22%

Não Perca! Começa hoje o evento que vai transformar sua visão sobre Fundos de Investimento Imobiliário

A movimentação financeira para o dia foi de R$ 162,1 milhões.

Maiores altas

Entre os Fundos Imobiliários que puxaram a alta nesta terça estavam: BB Progressivo (BBFI11B), Caixa Rio Bravo Fundo de Fundos (CXRI11), Floripa Shopping (FLRP11), Brazilian GraveyardDeath (CARE11), Max Retail (MAXR11).

Por outro lado, as maiores quedas da carteira puderam ser vistas nos fundos: BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11B), VBI Logístico (LVBI11), Vila Olímpia Corporate (VLOL11), VALORA RE III (VGIR11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11).

Conheça nossa planilha de fundos imobiliários

Veja o gráfico do dia

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
BBFI11B2.300,004,55%
CXRI111.524,992,69%
FLRP111.365,002,40%
CARE110,902,27%
MAXR111.861,002,25%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
BMLC11B91,30-2,35%
LVBI11121,80-2,02%
VLOL11105,00-1,85%
VGIR1180,19-1,60%
RCRB11174,00-1,47%

IFIX versus ações

Criado pela Bolsa brasileira, o IFIX tem por objetivo medir a performance de uma carteira.

Trata-se de uma composição de cotas de Fundos Imobiliários que são listados para negociação nos ambientes administrados pela bolsa. Entretanto, esse indicador costuma variar bem menos que o próprio Ibovespa.

Em comparação à bolsa, nesta terça-feira, o conjunto de fundos de investimentos imobiliários registrou valorização, em linha com o principal índice da bolsa, que subiu 2,48%.

Veja as movimentações sobre os fundos

CXRI11

A Caixa Econômica Federal, na qualidade de administradora do FII Caixa Rio Bravo (CXRI11) comunicou que foi aprovado o desdobramento de cotas do Fundo na proporção de 1:10.

Desse modo, cada 1 cota do Fundo passará a corresponder a 10 cotas.

Após o desdobramento, o total de cotas passará a ser de 1.575.760,00 cotas, com a consequente alteração do valor base de cada cota, na mesma proporção, permanecendo inalterado o somatório do valor das referidas cotas.

A posição de cotistas considerada para o desdobramento das cotas do Fundo será 09 de setembro de 2020, sendo assim, a partir de 10 de setembro de 2020, as cotas serão negociadas na forma desdobrada.

As cotas resultantes do desdobramento serão creditadas aos cotistas em 14 de setembro de 2020.

TGAR11

A XP Investimentos, na qualidade de instituição intermediária do FII TG Ativo Real (TGAR11)  comunicou o encerramento do prazo para exercer o direito de preferência na 8ª Emissão do respectivo Fundo.

Segundo o comunicado, o montante total de novas cotas subscritas pelos cotistas foi de 578.797 novas cotas em razão do exercício do direito de preferência.

Por esse motivo, novas cotas remanescentes serão distribuídas na quantidade de 1.875.593 novas cotas ou R$ 229,25 milhões.

O Período de Subscrição, destinado a demais investidores da Oferta, seguirá vigente até o dia 19 de agosto de 2020 (inclusive).

LVBI11

O BTG Pactual, administrador do fundo de investimento imobiliário VBI Logistico (LVBI11), informou ao mercado a abertura de nova emissão de cotas.

Desse modo, a terceira emissão será de até 4,31 milhões de cotas, por meio da qual o FII pretende levantar o montante de até R$ 500 milhões.

O preço de aquisição por cota da 3ª emissão para os investidores respeitará o intervalo entre R$ 116,00 e R$ 118,00 por nova cora.

O investimento mínimo é de R$ 25 mil, observado que não haverá investimento máximo por investidor. Além disso, o investimento mínimo não será aplicado para o exercício do direito de preferência;

Segundo o comunicado, os recursos captados serão destinados à aquisição, pelo Fundo, de determinados ativos alvo.