FII: IFIX cai 0,19% pressionado por OULG11 e VTLT11

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Nesta terça-feira (16) o IFIX seguiu em viés de queda e fechou a sessão negativo em 0,19%, aos 2613 pontos.

A mínima do dia no índice foi de 2610 pontos, enquanto a máxima bateu em 2625 pontos.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

No acumulado para o mês, o índice recua 2,35%. No ano, cai 10,23%. A movimentação financeira para hoje no IFIX foi de R$ 244,23 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas do IFIX foram em: SP Downtown (SPTW11), Vectis Juros Real (VCJR11), Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11), Vinci Logística (VILG11), Rio Bravo Renda Educacional (RBED11).

Em sentido contrário, as maiores quedas foram em: Ourinvest Logística (OULG11), Votorantim Logística (VTLT11), Rio Negro (RNGO11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), Bradesco Carteira Imobiliária Ativa (BCIA11).

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
SPTW11R$ 47,351,83%
VCJR11R$ 97,751,82%
ALZR11R$ 105,781,71%
VILG11R$ 92,801,70%
RBED11R$ 120,981,66%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
OULG11R$ 52,08-4,04%
VTLT11R$ 89,47-3,27%
RNGO11R$ 55,01-2,60%
RCRB11R$ 141,50-2,39%
BCIA11R$ 82,25-2,11%

Confira as últimas notícias sobre FIIs

  • VGHF11

O fundo anunciou o encerramento de sua 2ª emissão de cotas. No âmbito da emissão, foram subscritas e integralizadas cerca de 8,8 milhões de cotas, perfazendo a captação de R$ 163 milhões.

  • HGCR11

O fundo anunciou que seu pedido de revogação e cancelamento de sua emissão de cotas foi deferido pela CVM. Sendo assim, a 8ª emissão de cotas do fundo foi cancelada.

  • HGCR11

Visando fomentar a sua liquidez no mercado secundário, o fundo anunciou a contratação de uma instituição financeira para a prestação de serviços de formador de mercado.

  • MTOF11

O fundo anunciou que seu pedido de revogação e cancelamento de sua emissão de cotas foi deferido pela CVM. Sendo assim, a 2ª emissão de cotas do fundo foi cancelada.

  • RBED11

O fundo anunciou que o seu pedido de interrupção referente a análise da oferta pública da 4ª emissão de cotas do fundo foi deferido pela CVM.

Desta forma, a emissão fica interrompida até que condições de mercado mais favoráveis sejam verificadas.

  • RELG11

O fundo assinou um CCV visando a aquisição da fração ideal de 77% do ativo imobiliário de sua propriedade localizado em Camaçari (BA), por R$ 62,5 milhões.

Adicionalmente à aquisição, o fundo assinou um acordo de exclusividade para adquirir a fração remanescente do imóvel (23%) em até 180 dias, prorrogáveis por mais 180 dias caso seja de interesse do fundo.

Segundo os cálculos da gestão, a aquisição do imóvel irá gerar um cap rate de 9,50% ao ano, de modo que, com os resultados obtidos, o fundo deve entregar dividendos de ~R$ 0,88 por cota ao mês.

  • RELG11

O fundo aprovou a realização de sua 4ª emissão de cotas.

Segundo o documento, o fundo pretende captar até R$ 150 milhões através da emissão de 1,6 milhões de cotas. Novas informações deverão ser divulgadas nos documentos oficiais da oferta.