FII: IFIX recua 009% pressionado por RCRB11 e LVBI11

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Na sessão desta terça-feira (15) o IFIX fechou o pregão em queda de 0,09%, aos 2819,37 pontos.

Na mínima do dia o índice bateu em 2818,41 pontos, enquanto a máxima foi de 2828,59 pontos.

No acumulado de junho o IFIX avança 0,1%, no ano cai 1,34%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 254,09 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas do IFIX foram em: SP Downtown (SPTW11), XP Corporate Macaé (XPCM11), XP Properties (XPPR11), REC Renda imobiliária (RECT11), Valora RE III (VGIR11).

Na contramão, as maiores quedas foram em: Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), VBI Logístico (LVBI11), RBR Properties (RBRP11), CSHG Imobiliário FOF (HGFF11), Bresco Logística (BRCO11).

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
SPTW11R$ 56,104,39%
XPCM11R$ 41,511,42%
XPPR11R$ 67,781,25%
RECT11R$ 78,661,12%
VGIR11R$ 91,001,10%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
RCRB11R$ 145,12-2,59%
LVBI11R$ 112,07-1,95%
RBRP11R$ 81,51-1,68%
HGFF11R$ 82,11-1,06%
BRCO11R$ 107,94-0,97%

Confira as últimas notícias sobre FII

O FII Vinci Imóveis Urbanos (VIUR11) concluiu a aquisição de 100% do imóvel Anhanguera Campinas, locado à Anhanguera Educacional do Grupo Cogna Educação, localizado em Campinas (SP).

Este é o primeiro ativo do Fundo e o valor da aquisição é de R$ 56,517 milhões.

O cap rate estimado pela gestão é de 8,5% para os próximos 12 meses e a aquisição representa aproximadamente 22% dos recursos líquidos captados na 1ª emissão de cotas do Fundo.

A receita operacional líquida (NOI) esperada para os próximos 12 meses é de cerca de R$ 4,8 milhões, o equivalente a um valor aproximado de R$ 0,15/cota ao mês.

O imóvel possui 15.770 m², é constituído por diversos blocos e encontra-se 100% locado para a Universidade Anhanguera através de contrato de locação atípico com vencimento em dezembro de 2024 pelo valor atualizado de R$ 24,5/m².