FII: IFIX fecha a semana em queda de 1,07%; no dia, cai 0,05%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O IFIX fechou a sessão desta sexta (14) em queda de 0,05%, aos 2826,10 pontos.

Na mínima do dia, o índice bateu em 2825,02 pontos, enquanto a máxima foi de 2832,90 pontos.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

No desempenho semanal, o IFIX recuou 1,07%, segunda semana seguida de queda. Já no acumulado para o mês de maio, está negativo em 1,23%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 248,34 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas da carteira do IFIX foram em: REC Renda imobiliária (RECT11), VBI Reits FOF (RVBI11), Valora RE III (VGIR11), GGR COVEPI (GGRC11), BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11).

Em sentido contrário, as maiores baixas foram nos FIIs: JS Real Estate Multigestão (JSRE11), Iridium Recebíveis Imobiliários (IRDM11), Kinea High Yield CRI (KNHY11), SP Downtown (SPTW11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11).

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
RECT11R$ 74,443,10%
RVBI11R$ 94,451,83%
VGIR11R$ 92,501,58%
GGRC11R$ 120,271,41%
BTCR11R$ 93,411,29%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
JSRE11R$ 88,01-2,05%
IRDM11R$ 133,95-1,94%
KNHY11R$ 107,60-1,91%
SPTW11R$ 52,40-1,69%
RCRB11R$ 141,11-1,67%

Confira as últimas notícias sobre FII

FII Torre Norte (TRNT11)

O BTG Pactual, administrador do FII Torre Norte (TRNT11), comunicou que o Fundo ainda não recebeu de algumas de suas locatárias o pagamento do aluguel, referente à competência de abril/2021.

Além disso, o Fundo comunicou que após tratativas e negociações para regularização do pagamento dos aluguéis, recebeu os valores de locatárias inadimplentes referente a competência de março/2021.

Portanto, considerando o impacto conjunto da inadimplência e da adimplência, a distribuição de rendimentos foi impactada positivamente em, aproximadamente, R$ 0,08 por cota.

FII Max Retail (MAXR11)

O BTG Pactual, na qualidade de administrador do FII Max Retail (MAXR11), comunicou que ao realizar a diligência de despejo do imóvel ocupado pela locatária Cursos Preparatórios Exatas, constatou-se que o mesmo foi abandonado, não havendo prejuízo da entrega do Imóvel.

O BTG informou ainda que o recurso de apelação do Curso Exatas não foi admitido e transitou em julgado recentemente.

Com esta saída, a vacância do imóvel passa a ser de 11,20%.

Por fim, o BTG declarou que cobrará da locatária os referidos valores em aberto e, após o recebimento, os mesmos serão distribuídos aos cotistas do Fundo.

FII RB Capital Renda I (FIIP11B)

O FII RB Capital Renda I (FIIP11B) informou que, devido à continuidade das medidas de isolamento social impostas no Estado de São Paulo no mês de Abril, o Fundo concederá a isenção do aluguel à C&A referente ao período de 01 de Abril a 17 de Abril.

Sem descontos e isenções, o contrato representa 10,7% da receita imobiliária total do Fundo.

FII Atrio Reit Recebíveis Imobiliários (ARRI11)

A Oliveira Trust, administradora do FII Atrio Reit Recebíveis Imobiliários (ARRI11), comunicou a abertura da 2ª emissão de cotas, que pretende captar até R$ 63 milhões.

A nova emissão será de até 653.121 cotas, podendo a quantidade de novas cotas ser reduzida em virtude da distribuição parcial, ou aumentada em razão da emissão das cotas adicionais.

O preço de aquisição por cota da 2ª emissão foi definido em R$ 99,59, já considerado o custo unitário.

A administradora informou que o início do período para exercício do direito de preferência (tanto na B3 quanto no escriturador) é de 20 de maio, com encerramento em 01 de junho, na B3.

Os recursos a serem captados no âmbito da Oferta serão destinados à aquisição dos ativos alvo, observada a política de investimento do Fundo.

A Oferta Pública, com esforços restritos, é destinada exclusivamente aos investidores profissionais.