FII: IFIX avança 0,06% puxado por KFOF11 e QAGR11

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores

Nesta quinta-feira (11), o IFIX fechou o pregão em alta de 0,06%, aos 2893,98 pontos.

Na mínima do dia o índice bateu em 2892,15 pontos, enquanto a máxima registrada foi de 2897,71 pontos.

Em fevereiro, o IFIX acumula alta de 0,50%. No ano, avança 0,8%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 213,30 milhões.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Destaques do dia

As maiores altas da carteira foram em: Kinea Fundo de Fundos (KFOF11), Quasar Agro (QAGR11), Ourinvest JPP (OUJP11), Kinea Renda Imobiliária (KNRI11), Green Towers (GTWR11).

Já as maiores quedas foram nos FIIs: Votorantim Logística (VTLT11), Bradesco Carteira Imobiliária Ativa (BCIA11), Rio Negro (RNGO11), General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), Tordesilhas EI (TORD11).

Veja o gráfico do dia

Fonte:B3

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
KFOF11R$ 102,992,59%
QAGR11R$ 55,142,51%
OUJP11R$ 104,071,26%
KNRI11R$ 160,251,17%
GTWR11R$ 108,771,02%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
VTLT11R$ 115,45-1,32%
BCIA11R$ 110,64-1,24%
RNGO11R$ 68,70-1,05%
FIGS11R$ 66,13-1,00%
TORD11R$ 11,88-1,00%

Veja a movimentação de FII

O BTG Pactual, administrador do FII NCH Brasil Recebíveis Imobiliários (NCHB11), informou a abertura de nova emissão de cotas.

Desse modo, a 3ª emissão será de até 653.168 cotas por meio das quais o FII pretende levantar o montante de até R$ 80 milhões.

O preço de aquisição por cota da 3ª emissão foi definido em R$ 91,86 cada, acrescido do custo unitário de distribuição no valor de R$ 3,53.

O BTG informou que a oferta restrita consistirá na distribuição pública primária com esforços restritos, destinada exclusivamente a cotistas do Fundo.

O período para exercício do direito de preferência será entre 19 de fevereiro e 04 de março (inclusive).

Segundo o comunicado, os recursos líquidos da oferta serão destinados, pelo Fundo, para a aquisição de ativos compatíveis com a política de investimentos do NCHB11.

FII RBR Log (RBRL11) comunica aquisição de ativo

O FII RBR Log (RBRL11) comunicou a aquisição de 100% do empreendimento “KSM LOG”, localizado no município de Extrema, Minas Gerais.

O imóvel compreende um condomínio logístico com padrão construtivo AAA e com potencial de área bruta locável de 82.156,33m².

Atualmente, o ativo está 100% ocupado por diversos inquilinos, sendo os principais locatários as empresas DHL, Fedex, ID Logistic (Nivea) e Vulcabras Azaleia.

O valor desembolsado pelo Fundo na parcela intermediária foi de R$ 237,496 milhões, já na parcela final será pago o montante de R$ 5 milhões.

O administrador do RBRL11 estima que o dividendo mensal do Fundo será impactado positivamente em R$ 1,796 milhão. Isso equivale a, aproximadamente, R$ 0,32/cota.

FII Capitânia Securities II (CPTS11) lança 9ª emissão

O BTG Pactual, administrador do FII Capitânia Securities II (CPTS11), comunicou a abertura da 9ª emissão de cotas do Fundo.

Assim sendo, a nova emissão será no montante de até 4.102.984 cotas, no valor de R$ 94,26 cada, sem considerar a taxa de distribuição primária.

De acordo com o BTG, o FII pretende captar o montante inicial de R$ 386,747 milhões.

O período para exercício do direito de preferência será entre 08 de março a 11 de março (inclusive), na B3.

A Oferta é destinada exclusivamente a investidores profissionais.

FII BTG Pactual Logística (BTLG11) adquire ativo por R$ 195 milhões

O BTG Pactual, na qualidade de administrador do FII BTG Pactual Logística (BTLG11), celebrou a aquisição de três imóveis AAA localizados no estado de São Paulo.

Os ativos, com uma área bruta total de 86.863 m², foram adquiridos pelo montante de R$195 milhões.

Com o pagamento, o Fundo tornar-se-á o único titular da propriedade e de todos os direitos sobre os imóveis, de modo que fará jus à receita de aluguel, equivalente a R$ 0,08 por cota por mês.

O BTG informou ainda que a aquisição está em linha com a atual estratégia da gestora em aumentar a exposição do portfólio a ativos situados em localidades estratégicas.

FII Brazilian Graveyard and Death Care Services (CARE11) vende 0,34% de sua participação na Cortel Holding

O FII Brazilian Graveyard and Death Care Services (CARE11) informou que realizou a venda de 0,34% de sua participação na Cortel Holding para o Zion Capital Fundo de Investimentos Imobiliários.

As ações foram negociadas pelo valor unitário de R$ 52,62, totalizando R$ 1,5 milhão.

Confira os rendimentos divulgados

CPTS11: R$ 1,05 por cota em 19/02

HCRI11: R$ 3,0839994 por cota em 19/02

MGHT11: R$ 0,65 por cota em 19/02

MCCI11: R$ 0,7 por cota em 19/02

VGIR11: R$ 0,45 por cota em 19/02

SHDP11: R$ 6,414624722 por cota em 19/02

VGIP11: R$ 1,16 por cota em 19/02

VGIR11: R$ 0,45 por cota em 19/02

TRNT11: R$ 0,45 por cota em 19/02