FII: IFIX avança 0,08%, puxado por LVBI11 e FIGS11

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Em uma sessão com poucas oscilações, o IFIX fechou o pregão desta terça (8) em alta de 0,08%, aos 2829,65 pontos.

Na mínima do dia, o índice bateu em 2827,54 pontos, enquanto a máxima foi de 2833,92 pontos.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

No acumulado de junho o IFIX avança 0,47%, no ano cai 1,17%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 253,29 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas do IFIX foram em: VBI Logístico (LVBI11), General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), SP Downtown (SPTW11), CSHG Real Estate (HGRE11), Hotel Maxinvest (HTMX11).

Na contramão, as maiores quedas foram em: Valora CRI Índice de Preço (VGIP11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), Vectis Juros Real (VCJR11), RBR Properties (RBRP11), CSHG Logística (HGLG11).

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
LVBI11R$ 110,304,10%
FIGS11R$ 63,003,69%
SPTW11R$ 50,432,86%
HGRE11R$ 129,672,13%
HTMX11R$ 103,821,88%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
VGIP11R$ 105,50-2,15%
RCRB11R$ 149,16-1,62%
VCJR11R$ 99,57-1,42%
RBRP11R$ 85,90-0,92%
HGLG11R$ 165,40-0,89%

Confira as últimas notícias sobre FII

  • NSLU11

O FII anunciou que seu pedido de liminar, referente ao processo que visa a substituição do IGP-M pelo IPC-FIPE como índice de reajuste de seus contratos, foi deferido.

Segundo o comunicado, a substituição dos índices impactará positivamente a distribuição de rendimentos do fundo em aproximadamente 7,76%.

  • RBCO11

O fundo anunciou dois eventos que impactaram seus resultados em maio, sendo: (i) uma inadimplência representando um decréscimo de R$ 0,03 por cota; e (ii) a antecipação do aluguel por um de seus locatários, equivalente ao acréscimo de R$ 0,08 por cota.

Dessa forma, o fundo foi impactado positivamente em R$ 0,05 por cota.

  • RBIV11

O fundo anunciou que a partir do dia 11 de junho, as 400 mil cotas subscritas durante o período de exercício do direito de preferência, das sobras e do montante adicional, passarão a ser negociadas na B3.

  • RBVA11

O fundo assinou a escritura definitiva de 6 dos 28 imóveis adquiridos através da operação sale-leaseback com o Santander.

  • SARE11

O fundo anunciou o encerramento do período de exercício do direito de preferência no âmbito de sua 3ª emissão de cotas.

Até o momento, cerca de 494 mil cotas foram subscritas e integralizadas, perfazendo o montante de R$ 49,5 milhões.

Remanescem, portanto, cerca de 3 milhões de cotas que poderão ser subscritas por investidores em geral durante o período de subscrição.

  • TGAR11

A partir do dia 07 de junho as 3,9 milhões de cotas subscritas durante a 10ª emissão de cotas do fundo, passarão a ser negociadas na B3.