Ibovespa opera em alta com cenário exterior positivo, mas ainda tem ganhos limitados

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Reprodução/B3

O Ibovespa opera em alta de 0,65%, aos 111.280 pontos, perto das 16h, nesta quinta-feira (7).

O Ibovespa abriu e se manteve em alta, acompanhando o clima favorável nos Estados Unidos. O Congresso americano se uniu para concluir o impasse em torno do teto da dívida do país, o que trouxe fôlego aos mercados. Por outro lado, há volatilidade por no cenário doméstico, com agenda esvaziada. As preocupações dos investidores sobre inflação se mantêm, junto com a escassez de energia em várias partes do globo e de crescimento abaixo do esperado em algumas economias, caso do Brasil.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O que mexe no Ibovespa

O dia é de agenda fraca no país. Mas amanhã sai o indicador mais esperado da semana: o IPCA, com expectativa de alta de 1,25% em setembro.

Ontem (6), os dados do varejo decepcionaram, recuando com força: 3,1%, ante expectativa de queda de 0,7%.  

A boa notícia é que o Banco Mundial elevou para 5,3% (de 4,5%) a projeção de crescimento da economia brasileira em 2021. Já em 2022 e em 2023, o PIB brasileiro deve avançar, respectivamente, 1,7% e 2,5%. 

Em Brasília, DEM e PSL se uniram no novo partido União Brasil, com a maior bancada da Câmara, com 82 deputados, e a maior fatia dos fundos eleitoral e partidário. O partido aguarda o aval do STF.

Exterior

Os mercados operam no positivo nesta quinta (7), depois da melhora no humor do investidor com a notícia de que os republicanos irão apoiar os democratas em uma proposta para estender o teto da dívida dos EUA até dezembro.

O mês de outubro, famoso por crashs nas bolsas, vem mantendo a tradição de forte oscilação.

Montanha russa no Dow Jones

Na Europa, o presidente Vladimir Putin garantiu que a Rússia vai aumentar o fornecimento de gás para a região, o que deve estabilizar os preços. O gás natural subiu cerca de 400% desde o início do ano. 

Para hoje, o destaque fica por conta da divulgação dos novos pedidos de seguro-desemprego dos EUA, que ficaram em 326 mil, ante projeção de 348 mil.

Ontem, o relatório de emprego da ADP apontou a criação de 568 mil novas vagas no setor privado dos EUA em setembro, acima da expectativa de 428 mil.

ADP é considerada uma prévia do payroll, que sai amanhã (8) e, se vier acima da projeção, pode confirmar a tese de que o tapering deve ser anunciado mês que vem, com redução na liquidez dos mercados.

A bolsa chinesa volta a operar na sexta. Em Hong Kong, a bolsa subiu mais de 3%, depois que a Chinese Estates, ex-acionista majoritária da Evergrande, anunciou que recebeu uma oferta de fechamento de capital.

Ibovespa: ações

As ações da Banco Inter (BIDI11) lideram as altas na sessão desta quinta-feira (7) no Ibovespa. Por volta das 16h, os papéis da empresa subiam 12,13%.

Em seguida, surge outra ação do Banco Inter (BIDI4), que possui elevação de 11,39%. Ela é seguida pelo Yquds (YDUQ3), que sobe 10,16%.

O Banco Inter (BIDI11; BIDI4) contratou algumas instituições financeiras para apoiar seu processo de reorganização societária. A proposta de reorganização consiste na incorporação de todas as ações de emissão do Inter por sua controladora direta, a Inter Holding Financeira. Com isso, haverá a entrega, aos acionistas, ações preferenciais de emissão da controladora.

Depois, surge Cogna (COGN3), que opera com elevação de 4,32%. E por fim, vem Embraer (EMBR3), que sobe 4,06%.

Dólar

O dólar tem alta de 0,25%, a R$ 5,5050, por volta das 16h.

A moeda retomou forças depois após fechar o dia anterior em estabilidade, com a permanência de incertezas internacionais e locais, apesar das boas notícias em relação aos problemas da crise do teto da dívida dos Estados Unidos.