Ibovespa opera em alta em tentativa de recuperação e cenário doméstico positivo

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Reprodução/Flickr

O Ibovespa opera em alta de 0,91%, aos 126.238 pontos, perto das 13h27, nesta quarta-feira (7). 

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

O Ibovespa sobe com a tentativa de recuperação das perdas recentes das bolsas internacionais, a valorização das commodities e o crescimento das vendas do varejo brasileiro, após a retração de 1,44% de ontem.

O que mais mexe no Ibovespa

O dólar voltou a R$ 5,20 na terça (6), refletindo as expectativas quanto ao tapering nos EUA, mas também os muitos ruídos políticos que o país atravessa.

Há denúncias sobre compra superfaturada de vacinas e áudios sobre rachadinhas (quando o parlamentar fica com parte do salário do funcionário público) que envolvem personagens diretamente ligados à presidência. Tudo isso faz com que a popularidade do presidente caia, o que deixa dúvidas quanto à austeridade do governo até a eleição e, obviamente, prejudica o mercado.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Soma-se ao cenário desfavorável a tributação de dividendos e Fundos Imobiliários contemplada pela proposta de Reforma Tributária, que o mercado também rejeita. A expectativa é que o texto sofra alterações, com redução da proposta de taxação de 20% para dividendos. O ministro Paulo Guedes fala hoje na Câmara a respeito.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) ficou em 0,11% em junho. O resultado é inferior ao de maio, quando chegou a 3,40%. No entanto, veio abaixo projetado pelo mercado, que era de 0,16%. Com este resultado, o índice acumula alta de 14,26% no ano. Em 12 meses, o acumulado é de 34,53%.

As vendas no varejo subiram 1,4% em maio, após crescimento de 4,9% em abril, aponta o IBGE. O resultado veio abaixo do consenso das projeções, que era de alta de 2,4%, mas marca o segundo crescimento consecutivo do setor, que se encontra 3,9% acima do patamar pré-pandemia. No ano, a alta é de 6,8% no ano e, em 12 meses, de 5,4%.

A CPI da Pandemia ouve o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias, exonerado após ter seu nome envolvido em denúncias de propina na compra de vacinas.

Exterior

O mercado aguarda nesta quarta pela ata da última reunião do Federal Reserve (Fed), em busca de sinalizações quanto ao início do tapering (retirada dos estímulos, com redução na compra de títulos) e à alta de juros, que o Fed afirma (até aqui) que acontecerá só em 2023, mas o mercado desconfia que virá antes.

Caso o tapering venha, a tendência é de alta do dólar, o que prejudica os países emergentes, incluso o Brasil.

Na terça, o Índice dos Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços nos Estados Unidos veio abaixo da expectativa. O índice atingiu 64,6 pontos no mês. Ficou abaixo do esperado pelo mercado, que era de 65,2 pontos. E dá pistas de que o crescimento pode estar se acomodando, depois de um primeiro semestre bastante forte com a retomada econômica graças à vacinação.

O petróleo segue em alta, com a indefinição da Opep quanto à retomada da produção. Os Emirados Árabes Unidos vêm se opondo ao aumento, o que tem adiado por dias seguidos a reunião do grupo.

Ibovespa: ações

A Magazine Luiza (MGLU3) é o destaque do dia. Por volta das 13h23, os papéis da empresa subiam 3,89%. Em seguida, a Ultrapar (UGPA3) tinha alta de 3,84%.

As ações da Locaweb (LWSA3) se elevavam 3,72%. Já a Raia Drogasil (RADL3) subia 3,27%.

Por fim, Companhia Siderúrgia Nacional – CSN (CSNA3) subia 3,25%.

Dólar

O dólar tem alta de 1,43%, a R$ 5,2714, por volta das 13h23.

A moeda caminha para a sétima alta consecutiva. No início do dia, houve leve queda e chegou a ficar perto da estabilidade nas duas primeiras horas de negociação. Entretanto, começou a escalar quando o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu em audiência na Câmara dos Deputados a taxação de dividendos a reforma tributária enviada pelo governo ao Congresso.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.