Ibovespa opera em alta, em busca de recuperação; preocupações fiscais continuam

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Ibovespa opera em alta de 0,40%, aos 111.118 pontos, perto das 13h13, nesta quarta-feira (20).

O Ibovespa tenta se recuperar do tombo do dia anterior, com investidores no aguardo de novidades sobre um programa social do governo brasileiro e seus impactos fiscais, em um dia misto nas bolsas internacionais.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O que mexe no Ibovespa

Com agenda econômica esvaziada nesta quarta-feira (20), as atenções do mercado seguem em Brasília. A possibilidade de ampliação de programas sociais fora do teto de gastos fez a bolsa despencar mais de 3% ontem, com dólar batendo os R$ 5,59 – maior valor desde 15 de abril.

O Auxílio Brasil, novo Bolsa Família, seria anunciado na terça (19), mas o evento foi desmarcado, depois que as alas política e econômica do governo não chegaram a um consenso quanto ao valor do programa. Paralelamente, a reforma do imposto de renda, que alterava dividendos, deve ser deixada de lado no Senado. 

Hoje, após o pregão, a Petrobras divulga sua prévia operacional do terceiro trimestre. O balanço sai no dia 28. 

Ontem, Vale (VALE3) reportou produção de 89,42 milhões de toneladas de minério de ferro no terceiro trimestre, 0,8% a mais na comparação com igual período de 2020.

E o Ministério da Economia informou que a privatização da Eletrobras (ELET3;ELE6) acontecerá no primeiro trimestre de 2022.

Exterior

Os mercados globais operam perto da estabildade. O destaque da agenda desta quarta-feira (20) é o Livro Bege dos EUA, com dados da atividade, emprego e inflação nas regiões do país. 

Na zona do euro, a inflação ao consumidor (IPC) subiu 0,5% em setembro, em linha com a projeção. 

Ontem (19), os bons balanços de empresas garantiram a alta das ações americanas. A Netflix divulgou lucro líquido de US$ 3,19 por ação, acima da projeção. Para hoje tem Tesla e IBM.

O Bitcoin teve forte valorização após a estreia do primeiro ETF nos EUA. A entrada das criptos no maior mercado de ações do mundo vai revelar a disposição do investidor em incluir as moedas em sua carteira. 

A China manteve sua taxa de juros pelo 18º mês consecutivo – a de curto prazo em 3,85% e a de longo prazo em 4,65%.

Ibovespa: ações

As ações da Getnet (GETT11) lideram as altas no Ibovespa. Por volta das 13h13, os papéis da empresa subiam 10,66%.

Após liderar o pregão por dois dias consecutivos, a operadora de maquininhas de crédito e débito permanece entre as ações com as maiores altas. O IPO da empresa foi na segunda-feira (18).

Banco Inter (BIDI11), que opera com elevação de 4,51%.

Depois, surge B3 (B3SA3), operando com variação positiva de 3,99%.

Em comunicado ao mercado, B3 (B3SA3) informou ter celebrado acordo de participação na rodada de investimento série B da Pismo Holdings (Pismo), no valor de US$ 108 milhões, que busca acelerar a expansão global e o desenvolvimento de tecnologias líderes nos segmentos de serviços bancários, pagamentos e de infraestrutura para o mercado financeiro.

Em quarto lugar, a Locaweb (LWSA3), com alta de 3,56%. Por fim, as ações preferenciais do Banco Inter (BIDI4), com variação positiva de 3,04%.

Dólar

O dólar tem queda de 0,62%, a R$ 5,5497, por volta das 13h13.

A moeda bateu novas mínimas no dia, com o mercado acompanhando uma ampliação da queda do dólar ante pares principais no exterior há pouco. Além disso, há a precificação da bateria de leilões do Banco Central nesta manhã, que deixa claro que a autoridade tem vários instrumentos para conter uma variação atípica do dólar.

*Com Agência Reuters e Agência Estado