Ibovespa opera em queda em dia de cenário instável e volta aos 102 mil pontos

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

O Ibovespa opera em queda de 1,51%, aos 102.829 pontos, perto das 16h05, nesta quarta-feira (17).

O Ibovespa age com instabilidade, entretanto, sem um norte. No exterior, a agenda está vazia. Sem uma decisão definitiva sobre a PEC dos Precatórios, o cenário do dia provavelmente se manterá assim. Além disso, hoje tem vencimento de opções, o que normalmente provoca sobe-e-desce.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O que mexe no Ibovespa

A questão fiscal segue no foco dos investidores, depois que o presidente Jair Bolsonaro prometeu encaixar reajuste aos servidores públicos no Orçamento de 2022, o que aumenta as dúvidas quanto à aprovação da PEC dos Precatórios – que abriria brecha para o pagamento do Auxílio Brasil, mas também para decisões com foco nas eleições do ano que vem. 

A Secretaria de Política Econômica (SPE) publicou nesta quarta-feira (17) seu Boletim Macrofiscal, com projeções para os principais indicadores para o país. O governo federal reduziu para 5,1% sua estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, ante 5,3% projetados no boletim anterior, de setembro.

Para 2022, a projeção foi cortada para 2,10%, ante 2,50% de setembro. A partir de 2023, a expectativa é de crescimento de 2,5% ao ano.

A SPE mantendo a estimativa do PIB de 2022 acima dos 2% contrasta com a visão do mercado, captada pelo último Boletim Focus, que já aponta PIB a 0,93% no ano que vem. O deste ano também: para o mercado, o PIB deve ser de 4,88%, ao passo que para a SPE, de 5,1%.

Projeções para o PIB

PIB

Reprodução/SPE

No campo da saúde, o governo anunciou a terceira dose da vacina contra Covid-19 para todos os adultos. O BTG Pactual (BPAC11) projeta, em cenário otimista, que até o final do ano 80% da população já terá algum grau de imunização. Até o dia 15 de novembro, o porcentual era de 77,1%.

Expectativa de vacinação da população, com ao menos uma dose

vacinação

Reprodução/BTG

Temporada de balanços 3TRI21

Eletrobras  (ELET6; ELET3) tem queda de 65% no lucro líquido do 3TRI21, com R$ 964,5 milhões.

Invepar (IVPR3; IVPR4) amplia prejuízo líquido em 30%, com R$ 531,4 milhões.

Dimed (PNVL3) aumenta lucro em 2,5%, com lucro líquido ajustado de R$ 20,3 milhões. 

Mosaico (MOSI3) reporta queda de 80,6% no lucro líquido, com R$ 2,1 milhões.

Espaço Laser (ESPA3) reporta lucro líquido ajustado de R$ 19 milhões, revertendo prejuízo de R$ 10,6 milhões no 3TRI20.

Grupo Soma (SOMA3) tem alta de 342% no lucro líquido ajustado, com R$ 96,5 milhões.

Gafisa (GFSA3) reporta lucro de R$ 6,1 milhões, revertendo prejuízo de R$ 56,4 milhões no 3TRI20.

Maxion (MYPK3) lucra R$ 177 milhões, revertendo prejuízo de R$ 18,8 milhões. 

Bluefit (BFFT3) tem alta de 88% no prejuízo líquido, com R$ 6,9 milhões. 

Méliuz (CASH3) reverte lucro em prejuízo de R$ 2,95 milhões.

Oncoclínicas (ONCO3) tem lucro líquido ajustado de R$ 47,3 milhões. 

Viveo (VVEO3) lucra R$ 61,25 milhões. 

Boa Safra (SOJA3) tem lucro de R$ 88 milhões.

Desktop (DESK3) registra R$ 12 milhões de lucro.

ClearSale (CLSA3) reverte lucro e tem prejuízo de R$ 45 milhões. 

Cruzeiro do Sul (CXSE3) tem queda de 55% no lucro do 3TRI21.

Hidrovias (HBSA3) tem prejuízo de R$ 66,9 milhões no 3TRI21.

Exterior

Os mercados globais operam mistos, em dia de agenda esvaziada. 

Na zona do euro, o Índice de Preços ao Consumidor subiu 0,8% em outubro na comparação mensal e 4,1% na anual. No Reino Unido, os preços ao consumidor subiram 4,2% na base anual, acima da estimativa de 3,9%.

Elon Musk segue cumprindo a promessa de vender 10% das ações da Tesla e liquidou ontem 934 mil ações, equivalentes a US$ 973 milhões. No total, já foram vendidas 8,16 milhões de ações desde 8 de novembro.

Ibovespa: ações

As ações da Meliuz (CASH3) lideram as altas no Ibovespa nesta quarta-feira (17). Por volta das 13h50, os papéis da empresa subiam 2,25%.

A Dexco (DXCO3) é a segunda entre as maiores altas. Esta opera com variação positiva de 0,93%.

Logo após aparece Metalúrgica Gerdau (GOAU4), que registra variação positiva de 0,66%.

Em seguida, surge Vale (VALE3) que cresce 0,62%.

Por fim, vem Bradesco (BBDC4), que opera com elevação de 0,53%.

Dólar

O dólar tem alta de 0,51%, a R$ 5,5310, por volta das 16h05.

O dólar devolveu a queda intradia e sobe no mercado à vista no início da tarde. O mercado de câmbio ajusta-se à desaceleração das perdas do dólar frente outras divisas emergentes, como peso mexicano, puxada pelo fortalecimento do índice DXY, que compara o dólar ante seis divisas fortes.

*Com Agência Reuters e Agência Estado