Ibovespa futuro abre em queda, em linha com Nova York

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/B3

O Ibovespa futuro abriu a terça-feira (8) em queda de 1,26%, aos 99.728. Na última semana, a bolsa de valores teve recuo de 0,88%, depois de duas semanas fechando em alta. Na sexta-feira (4), o Ibovespa avançou 0,52%, aos 101.241,73.

Indicadores

O Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, apontou um recuo na projeção do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, depois de nove leves melhoras sequenciais nas últimas semanas.

A projeção agora é por queda do PIB de 5,31%, ante 5,28% da semana passada.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Destaques também para um leve aumento na expectativa de inflação: 1,78% ante 1,77% da semana passada. O IPCA será conhecido amanhã (9).

Exterior

Os mercados futuros de Nova York mostravam tendência de alta na abertura pós-feriados nos Estados Unidos e no Brasil, mas perto das 8h operavam em baixa. Os investidores acompanham com atenção como irão reagir as ações de tecnologia, depois das fortes quedas da semana passada.

Na Europa, os mercados estão negativos. A zona do euro reportou uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) de 14,7% no segundo trimestre, na comparação com o mesmo período de 2019. O resultado veio pouco melhor do que a prévia que indicava recuo de 15%.

O Japão reportou queda de 28,1%. Ainda assim, os mercados asiáticos tiveram alta.

Reino Unido planeja abandonar acordo de livre comércio

Ainda sem resolução quanto ao acordo de livre comércio pós-Brexit, o Reino Unido ameaça largar as negociações com a União Europeia esta semana.

Veja aqui mais destaques da semana.

Veja as cotações às 8h10:

Bolsa Nova York

  • S&P: -0,60%
  • Nasdaq: -2,38%
  • Dow Jones: +0,04%

Bolsa Europa

  • DAX, Alemanha: -1,43%
  • FTSE, Reino Unido: -0,61%
  • CAC, França: -1,77%
  • FTSE MIB, Itália: -2,29%
  • Stoxx 600: -1,51%

Bolsa Ásia

  • Nikkei, Japão: +0,80%
  • Xangai, China: +0,72%
  • HSI, Hong Kong: +0,14%
  • ASX 200, Austrália: +1,06%
  • Kospi, Coreia: +0,74%

Petróleo

  • WTI (outubro 2020): US$ 37,36 (-6,11%)
  • Brent (novembro 2020): US$ 40,35 (-3,95%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2020): US$ 1.923 a onça-troy (-0,56%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian, China: US$ 123,47 (-1,63%)

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos