Ibovespa fecha estável em 0,02%, mas sustenta os 110 mil pontos

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Nesta quinta-feira (7) o Ibovespa operou com volatilidade, de modo que, entre altas e baixas, o índice fechou o pregão estável, positivo em 0,02%, aos 110.585,43 pontos.

O dia foi de agenda fraca no país. Mas amanhã sai o indicador mais esperado da semana: o IPCA, com expectativa de alta de 1,25% em setembro.

Ontem (6), os dados do varejo decepcionaram, recuando com força: 3,1%, ante expectativa de queda de 0,7%.

A boa notícia é que o Banco Mundial elevou para 5,3% (de 4,5%) a projeção de crescimento da economia brasileira em 2021. Já em 2022 e em 2023, o PIB brasileiro deve avançar, respectivamente, 1,7% e 2,5%.

Em Brasília, DEM e PSL se uniram no novo partido União Brasil, com a maior bancada da Câmara, com 82 deputados, e a maior fatia dos fundos eleitoral e partidário. O partido aguarda o aval do STF.

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • segunda-feira (4): -2,22% (110.393 pontos)
  • terça-feira (5): +0,06% (110.457,64 pontos)
  • quarta-feira (6): +0,09% (110.559,57 pontos)
  • quinta-feira (7): +0,02% (110.585 pontos)
  • semana: -2,05%
  • 2021: -6,47%

Destaques da bolsa

Das 91 ações negociadas na bolsa, 38 subiram e outras 53 caíram em relação à sessão anterior.

Mais negociadas

EmpresaTickerPreçoOscilação
XP INCXPBR31R$ 231,50+7,35%
VALEVALE3R$ 79,36+2,98%
PETROBRASPETR4R$ 28,60-0,14%
BRADESCOBBDC4R$ 20,71-2,50%
ITAÚ UNIBANCOITUB4R$ 24,48-2,12%

Maiores altas

EmpresaTickerPreçoOscilação
BANCO INTERBIDI11R$    41,5512,03%
BANCO INTERBIDI4R$    14,0511,60%
YDUQSYDUQ3R$    23,3310,50%
XP INCXPBR31R$  215,656,19%
COGNACOGN3R$       2,784,32%

Maiores baixas

EmpresaTickerPreçoOscilação
CVCCVCB3R$    20,804,52%
RUMO LOG.RAIL3R$    18,233,73%
VIAVIIA3R$       8,113,69%
MAGAZINE LUIZAMGLU3R$    14,462,90%
JBSJBSS3R$    37,742,81%

Dólar

  • segunda-feira (4): +1,44% a R$ 5,446
  • terça-feira (5): +0,71% a R$ 5,485
  • quarta-feira (6): +0,02% a R$ 5,486
  • quinta-feira (7): +0,57% a R$ 5,516
  • semana: +2,74%

Euro

  • segunda-feira (4): +1,62% a R$ 6,329
  • terça-feira (5): +0,51% a R$ 6,361
  • quarta-feira (6): -0,08% a R$ 6,342
  • quinta-feira (7):+0,54% a R$ 6,375
  • semana: +2,59%

Criptomoedas*

  • Bitcoin: +0,04% a R$ 298.047,71
  • Ethereum: +2,68% a R$ 19.936,94
  • Tether: +1,82% a R$ 5,52
  • Cardano: +4,48% a R$ 12,66
  • Binance: +2,77% a R$ 2.436,61

*(variação nas últimas 24h – corte: 17h)

Mercados do exterior

Os mercados operaram no positivo nesta quinta, depois da melhora no humor do investidor com a notícia de que os republicanos irão apoiar os democratas em uma proposta para estender o teto da dívida dos EUA até dezembro.

Na Europa, o presidente Vladimir Putin garantiu que a Rússia vai aumentar o fornecimento de gás para a região, o que deve estabilizar os preços. O gás natural subiu cerca de 400% desde o início do ano.

Em indicadores, o destaque ficou por conta da divulgação dos novos pedidos de seguro-desemprego dos EUA, que ficaram em 326 mil, ante projeção de 348 mil.

Ontem, o relatório de emprego da ADP apontou a criação de 568 mil novas vagas no setor privado dos EUA em setembro, acima da expectativa de 428 mil.

A ADP é considerada uma prévia do payroll, que sai amanhã (8) e, se vier acima da projeção, pode confirmar a tese de que o tapering deve ser anunciado mês que vem, com redução na liquidez dos mercados.

A bolsa chinesa volta a operar na sexta. Em Hong Kong, a bolsa subiu mais de 3%, depois que a Chinese Estates, ex-acionista majoritária da Evergrande, anunciou que recebeu uma oferta de fechamento de capital.

Bolsas mundiais

Nova York

  • Dow Jones: +0,98%
  • S&P 500: +0,82%
  • Nasdaq: +1,05%

Europa

  • Euro Stoxx 50 (Europa): +2,14%
  • DAX (Alemanha): +1,85%
  • FTSE 100 (Reino Unido): +1,17%
  • CAC (França): +1,65%
  • IBEX 35 (Espanha): +2,14%

Ásia e Oceania

  • Xanghai (China): fechado por feriado
  • Hang Seng HSI (Hong Kong): +3,07%
  • SET (Tailândia): +0,88%
  • Nikkei (Japão): +0,54%
  • ASX 200 (Austrália): +0,70%
  • Kospi (Coreia do Sul): +1,76%

Commodities

Petróleo

  • Brent (dezembro 2021): US$ 82,44 (+1,68%)
  • WTI (dezembro 2021): US$ 78,83 (+1,81%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.756,05 (-0,33%)