Ibovespa fecha com alta de 2,97%, em linha com bolsas em NY

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Ibovespa fechou a sessão desta quarta-feira (8) com alta de 2,97%, aos 78.624 pontos, acompanhando o movimento das bolsas americanas.

Dessa forma, o Ibovespa já acumula uma alta de 7,68% em abril e de 13,07% nesta semana.

Entre as 73 ações que compõem o Ibovespa, 64 fecharam com alta e nove em baixa.

Na mínima, o índice atingiu 76.115 pontos (-0,32%) e, na máxima, 79.058 pontos (+3,54%).

Já o dólar encerrou cotado a R$ 5,14, com queda de 1,60%.

O que você verá neste artigo:

NY

Lá fora, os mercados americanos aceleraram as altas após a informação de que o senador Bernie Sanders desistiu da corrida presidencial nos EUA.

Segundo CNBC, os investidores tinham receios de que políticas públicas que pudessem ser implementadas por Sanders elevassem os impostos.

Dessa forma, o ex-vice-presidente Joe Biden, visto por Wall Street como um candidato mais favorável ao mercado, fica mais próximo da indicação democrata à presidência.

Adicionalmente, o Federal Reserve (Fed) divulgou a ata nesta quarta-feira com os dados sobre a reunião extraordinária do FOMC em 15 de março, quando reduziu a taxa básica de juros americana para perto de zero.

Segundo o documento, os membros disseram acreditar que é vital usar todo o arsenal tarifário e manter as taxas baixas no futuro próximo.

A ata demonstra a preocupação com os impactos da pandemia de coronavírus na economia.

Petróleo

Destaque ainda para o petróleo, cuja cotação disparou no final desta sessão. Segundo a Bloomberg, a OPEP+ está debatendo sobre um significativo corte na produção, de até 10 milhões de barris por dia.

Conforme a CNBC, fundo de petróleo dos EUA (USO), que acompanha o preço do petróleo, foi interrompido temporariamente em meio ao salto das cotações.

Ações

Mais negociadas

  • Petrobras (PETR4), +2,13%
  • Itau Unibanco (ITUB4), +5,26%
  • JBS (JBSS3), -2,77%
  • Bradesco (BBDC4), +2,93%
  • Cogna (COGN3), +0,67%
  • Banco do Brasil (BBAS3), +2,98%
  • Via Varejo (VVAR3), +7,92%
  • Vale (VALE3), -0,98%

Ibovespa em cinco sessões

0804-ibov-5-dias

Fonte: TradingView

Nova York

  • S&P 500: +3,41%
  • Dow Jones: +3,44%
  • Nasdaq: +2,58%

S&P em cinco sessões0804-sp-5-dias-min

Fonte: TradingView

Petróleo

  • WTI, +10,62%, US$ 26,14
  • Brent, +5,27%, US$ 33,53

Brent em cinco sessões0804-petroleo-5dias-min

Fonte: TradingView

Europa 

  • Dax, Alemanha, -0,23%
  • FTSE, Inglaterra, -0,47%
  • CAC, França, +0,10%
  • FTSE MIB, Itália, -0,18%
  • STOXX600, +0,02%

Ásia 

  • Nikkei, Japão: +2,13%
  • Shanghai, China: -0,19%
  • HSI, Hong Kong: -1,17%
  • ASX, Austrália: -0,86%
  • Kospi, Coreia: -0,90%