Ibovespa descola-se do exterior e fecha em alta

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Shutterstock

Tensão política nos Estados Unidos derruba bolsas americanas, com divulgação de novas informações do delator, indicando que a Casa Branca tentou esconder detalhes do caso da Ucrânia.

Mercado Europeu

Nas bolsas europeias, o bom resultado foi sustentado por altas em commodities e varejo, e evitaram que o impacto político dos EUA levassem os índices abaixo.

Da Alemanha, veio a boa notícia da elevação do índice Gfk de confiança do consumidor, de 9,7 em setembro para 9,9 pontos na projeção de outubro.

Descubra novos caminhos para multiplicar seu patrimônio. Aprenda hoje a investir R$ 300 mil com os melhores desempenhos.

Alemanha | DAX [+0,46%]

Londres | FTSE 100 [+0,89%]

França | CAC 40 [+0,66%]

Zona do euro | Euro Stoxx 50 [+0,55%]

Itália | FTSE MIB [+0,78%]

EUR/USD [-0,18%] | € 1,0922

Bolsas Norte-americanas

Na política norte-americana nesta manhã houve novo impacto, após delator dizer que Trump usou poder para solicitar interferência estrangeira na eleição de 2020, e que a Casa Branca tentou impedir divulgação de conversa.

A denúncia anônima foi divulgada na íntegra na manhã desta quinta-feira. Para a rede de televisão CNN, a denúncia aponta a tentativa de reter as informações a partir do uso de permissões de administrador no sistema de computadores do governo, o que seria um “abuso”.

Segundo Pelosi, a presidente da Câmara dos Representantes, não há pressão para acelerar o processo de impeachment, pois a investigação é que ditará o cronograma do processo.

Após fala de delator, Trump disse no Twitter que partido o democrata tenta destruir partido republicano.

Também durante a manhã, houve a divulgação de dados macroeconômicos. O núcleo do PCE dos EUA teve variação anual de 1,90% no 2º trimestre, acima do esperado de 1,70%. O índice PCE teve variação anual de 2,4% no 2º trimestre, próximo do esperado de 2,3%.

Os estoques no atacado dos EUA tiveram variação mensal preliminar de 0,40% em agosto. Acima da expectativa de 0,10%. O PIB no 2º trimestre dos EUA, leitura final, confirma projeção e sobe 2%. Os pedidos de seguro desemprego atingiram 213 mil na semana, próximo dos 212 mil esperados.

Dow Jones 30 [-0,30%] | 26.891 pontos

S&P 500 [-0,24%] | 2.977 pontos

Nasdaq [-0,58%] | 8.030 pontos

VIX [+0,69%]

Commodities

Segundo a Reuters, a petroleira saudita está recuperando a produção mais rápido do que se previa, portanto a oferta de petróleo não deverá ser prejudicada. Os investidores também estarão atentos às tensões no oriente médio e as negociações comerciais EUA-China.

Durante esta tarde, o Pentágono anunciou que pretende enviar uma bateria de mísseis Patriot , quatro sistemas de radares, e cerca de 200 militares para a Arábia Saudita, a fim de reforçar a segurança na região dos ataques.

A referência norte-americana, o WTI para novembro, fechou próximo da estabilidade, em leve queda de 0,14%, a US$ 56,41. No sentido contrário seguiu a referência britânica, o Brent para novembro encerrou em alta de 0,55%, a US$ 62,47.

O ouro para entrega em dezembro fechou em leve alta de 0,19%, a US% 1.515,20 a onça-troy.

A bolsa brasileira

Após o adiamento da votação da reforma da previdência, pressão por mudanças poderá desidratar a proposta em R$ 153,2 bilhões. Com o atraso, houve a brecha para lobbies do setor privado e pressões dos partidos de oposição que podem desidratar a proposta.

O governo admite a preocupação e vai designar técnicos para acompanhar essas movimentações.

Mesmo com os impactos das tensões políticas nos EUA, a bolsa brasileira operava com ganhos, chegando a renovar máximas. Ajudada pela promulgação da PEC da cessão onerosa e o relatório de inflação, indicando que há espaço para mais cortes adicionais nos juros.

O Ibovespa fechou a 105.319 pontos, em alta de 0,80%, após mínima de 104.337 e máxima de 105.342 pontos. O volume financeiro somou R$ 13,6 bilhões.

O real teve hoje um dos melhores desempenhos entre os emergentes, operando boa parte do dia em queda, mas virando durante a tarde. No fechamento, a moeda encerrou em alta de 0,48%, cotado a R$ 4,170.

Itau Unibanco (ITUB4) 2,88% | R$ 35,68
Via Varejo (VVAR3) 2,88% | R$ 7,86
Smiles (SMLS3) 2,87% | R$ 39,49
Azul (AZUL4) 2,82% | R$ 49,87
Cyrela Realt (CYRE3) 2,62% | R$23,52

Marfrig (MRFG3) -2,76% | R$ 10,94
Embraer (EMBR3) -2,15% | R$ 18,22
Qualicorp (QUAL3) -1,99% | R$ 29,52
CCR S.A. (CCRO3) -1,53% | R$ 16,70
Sid. Nacional (CSNA3) -1,45% | R$ 13,64

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir