Ibovespa desaba mais de 2% e retoma os 103 mil pontos

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Arte / EQI

O Ibovespa sofreu forte pressão sobre as vendas nesta quinta-feira (4) e fechou o dia negativo em 2,09%, aos 103.412 pontos. O volume negociado foi de R$ 30,7 bilhões.

Os temas do dia seguem sendo Copom e precatórios. Ontem, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central reiterou que prevê novo ajuste de 1,5 ponto porcentual para a Selic na próxima reunião de 7 e 8 de dezembro. Mas admitiu que uma elevação ainda maior da taxa de juros chegou a ser cogitada, antes da definição pelos atuais 7,75%.

Até então, o Copom vinha adotando como “plano de voo” altas de 1 ponto porcentual. No entanto, diante do avanço da inflação e do risco fiscal, a trajetória da Selic foi acelerada. E o comitê segue acompanhando os dois temas de perto, afirmando que o novo ajuste poderá ser revisto conforme o cenário até a próxima reunião.

Falando em fiscal, ontem foi aprovado em primeiro turno o texto-base da PEC dos Precatórios, que muda o cálculo da correção pela inflação do teto de gastos. Agora o texto precisa passar por um segundo turno e, depois, segue para o Senado. Mas a resistência é forte. O governo defende a aprovação para promover o Auxílio Brasil de R$ 400. A outra alternativa para o benefício seria a prorrogação do auxílio emergencial.

Em indicadores hoje, destaque para a Pesquisa Industrial Mensal (PIM), do IBGE. A produção caiu 0,4% de agosto para setembro, sendo a quinta queda consecutiva. A indústria se encontra 3,2% abaixo do patamar pré-pandemia. No ano, o setor acumula expansão de 7,5% e, nos últimos 12 meses, de 6,4%.

A Anatel realizou hoje o leilão do 5G, com projeção de movimentar R$ 50 bilhões. Claro, Vivo e Tim vão atuar frequência de 3,5 GHz, a mais importante faixa do certame.

A Brisanet (BRIT3) arrematou o lote C4 (Nordeste) de 80MHz da faixa de 3,5 Ghz por R$ 1,250 bilhão, com ágio de 13,741% e o lote C5 (Centro-Oeste) da faixa de 3,5 Ghz por R$150 milhões, com ágio de 4,054%.

Com o leilão, o Brasil ganhou ainda quatro novas operadoras, três regionais e uma nacional, a Winity.

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

 

  • segunda-feira (01): +1,98% (105.551 pontos)
  • terça-feira (2): feriado nacional
  • quarta-feira (3): +0,06% (105.616 pontos)
  • quinta-feira (4):  -2,09% (103.412 pontos)
  • semana: -0,04%
  • 2021: -11,15%

 

 

Destaques da bolsa

Das 91 ações negociadas na bolsa, 16 subiram, 1 ficou estável e 74 caíram em relação à sessão anterior.

Mais negociadas

EmpresaTickerPreçoOscilação
PETROBRASPETR4R$ 25,94-3,39%
VALEVALE3R$ 65,85-1,47%
ITAUUNIBANCOITUB4R$ 23,15-5,32%
BRADESCOBBDC4R$ 19,15-6,13%
SID.NACIONALCSNA3R$ 21,40-3,44%

Maiores altas

EmpresaTickerPreçoOscilação
GETNETGETT11R$ 4,595,28%
MINERVABEEF3R$ 10,423,68%
MARFRIGMRFG3R$ 26,783,60%
JBSJBSS3R$ 37,883,05%
CIELOCIEL3R$ 2,351,29%

Maiores baixas

EmpresaTickerPreçoOscilação
ULTRAPARUGPA3R$ 12,388,09%
REDE DORRDOR3R$ 57,218,17%
BANCO PANBPAN4R$ 12,887,74%
COGNACOGN3R$ 2,667,96%
P. AÇÚCARPCAR3R$ 22,897,70%

Dólar

  • segunda-feira (01): +0,43% a R$ 5,67
  • terça-feira (2): feriado nacional
  • quarta-feira (3): -1,42% a R$ 5,589
  • quinta-feira (4): +0,29% a R$ 5,606
  • semana: -0,70%

 

 

 

Euro

  • segunda-feira (01): +0,84% a R$ 6,582
  • terça-feira (2): feriado nacional
  • quarta-feira (3): -1,41% a R$ 6,489
  • quinta-feira (4): -0,15% a R$ 6,479
  • semana: -0,42%

 

 

 

Criptomoedas*

  • Bitcoin: -0,98% a R$ 343.146,53
  • Ethereum: -1,34% a R$ 25.180,11
  • Tether: +1,87% a R$ 5,61
  • Cardano: -3,02% a R$ 11,11
  • Binance: +0,07% a R$ 3.104,85

*(variação nas últimas 24h – corte: 17h)

Mercados do exterior

No exterior, destaque para a decisão do Federal Reserve (Fed) de iniciar o tapering ainda em novembro, com redução de US$ 15 bilhões mensais na compra de ativos (sendo US$ 10 bilhões em títulos do tesouro, treasuries, e US$ 5 bilhões em títulos atrelados a hipotecas, MBS).

Para se ter ideia, atualmente essas compras mensais são de US$ 120 bilhões em ativos, sendo US$ 80 bilhões em treasuries e US$ 40 em MBS.

No entanto, o Fed confirmou que a taxa de juros não deve subir tão cedo, o que tranquilizou os mercados. A expectativa é que a alta só venha a partir do meio do ano que vem.

Hoje, o Banco da Inglaterra manteve as taxas de juros. O PMI de serviços da zona do euro recuou de 56,4 para 54,6 pontos, abaixo da projeção. E o PMI composto foi de 56,2 para 54,2 pontos, também apontando uma desaceleração.

Nos EUA, teve divulgação dos novos pedidos de seguro-desemprego, que caíram de 283 mil para 269 mil.

A Opep manteve a oferta de 400 mil barris por dia. A próxima reunião acontecem dia 2 de dezembro.

Bolsas mundiais

Nova York

  • Dow Jones: -0,09%
  • S&P 500: +0,42%
  • Nasdaq: +0,81%

Europa

  • Euro Stoxx 50 (Europa): +0,55%
  • DAX (Alemanha): +0,44%
  • FTSE 100 (Reino Unido): +0,43%
  • CAC (França): +0,53%
  • IBEX 35 (Espanha): +0,10%

Ásia e Oceania

  • Shanghai (China): +0,81%
  • Hang Seng HSI (Hong Kong): +0,80%
  • SET (Tailândia): +0,89%
  • Nikkei (Japão): +0,93%
  • ASX 200 (Austrália): +0,48%
  • Kospi (Coreia do Sul): +0,25%

Commodities

Petróleo

  • Brent (janeiro 2022): US$ 80,81 (-1,44%)
  • WTI (dezembro 2021): US$ 79,25 (-1,99%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.793,10 (+1,29%)