Ibovespa cai 3,39% em meio a pânico global e fecha a semana negativo em 0,79%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Arte / EQI

Nesta sexta-feira (26), o Ibovespa registrou uma sessão conturbada em decorrência do pânico global sobre uma nova variante da Covid-19. No dia, o índice derreteu 3,39% com uma pontuação de 102.224 pontos. No acumulado da semana o Ibovespa reportou uma queda de 0,79%. O volume de negócios do dia foi de R$ 27,2 bilhões.

Ainda nesta sexta, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o pico da inflação está próximo do fim, com melhora a partir do ano que vem.

Além disso, Campos Neto afirmou que o BC imaginava, “em algum momento”, que o auge da inflação seria em setembro. Mas que isso não ocorreu em função dos “choques de energia [que] vieram de forma consecutiva, surpreendendo a todos”.

O Banco Central divulgou que o estoque de crédito total subiu 1,5% em outubro ante setembro, para R$ 4,497 trilhões. As concessões no crédito livre caíram 1,2%. A participação do crédito no Produto Interno Bruto (PIB) alcança 53,2% em outubro, menor que os 53% de setembro.

O Índice de Confiança da Indústria, da FGV, recuou 3,1 pontos em novembro, para 102,1 pontos, menor nível desde agosto de 2021 (98,7 pontos). Essa é a quarta queda consecutiva do índice.

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • segunda-feira (22): -0,89% (102.122 pontos)
  • terça-feira (23): +1,50% (103.653 pontos) 
  • quarta-feira (24): +0,83% (104.514 pontos)
  • quinta-feira (25): +1,24% (103.035 pontos)
  • sexta-feira (26): -3,39% ( 102.224 pontos)
  • semana: -0,79%
  • 2021: -16,92%

Destaques da bolsa

Das 92 ações negociadas na bolsa, 2 subiram e 90 caíram em relação à sessão anterior.

Mais negociadas

EmpresaTickerPreçoOscilação
PETROBRASPETR4R$ 28,47-3,88%
VALEVALE3R$ 68,64-2,64%
PETROBRASPETR3R$ 29,17-4,36%
BRADESCOBBDC4R$ 20,43-4,00%
PETRORIOPRIO3R$ 20,15-8,74%

Maiores altas

EmpresaTickerPreçoOscilação
SUZANOSUZB3R$ 54,810,15%
TAESATAEE11R$ 35,940,11%

Maiores baixas

EmpresaTickerPreçoOscilação
AZULAZUL4R$ 23,3014,18%
GOLLGOLL4R$ 15,0811,81%
CVCCVCB3R$ 14,9511,06%
MÉLIUZCASH3R$ 3,1810,42%
PETRORIOPRIO3R$ 20,158,74%

Dólar

  • segunda-feira (22): -0,27% a R$ 5,593
  • terça-feira (23): +0,27% a R$ 5,608
  • quarta-feira (24): -0,25% a R$ 5,59
  • quinta-feira (25): -0,53% a R$ 5,565
  • sexta-feira (26): +0,55 a R$ 5,595
  • semana: -0,23%

Euro

  • segunda-feira (22): -0,74% a R$ 6,283 
  • terça-feira (23): +0,43% a R$ 6,31
  • quarta-feira (24): -0,70% a R$ 6,26
  • quinta-feira (25): -0,45% a R$ 6,238
  • sexta-feira (26): +1,46% a R$ 6,329
  • semana: -0,45%

Criptomoedas*

  • Bitcoin: -5,61% a R$ 305.944,17
  • Ethereum: -6,70% a R$ 23.126,19
  • Tether: +1,90% a R$ 5,61
  • Cardano: -5,08% a R$ 8,87
  • Binance: -4,49% a R$ 3.334,69

*(variação nas últimas 24h – corte: 18h)

Mercados do exterior

As bolsas americanas funcionaram em horário reduzido hoje, devido à Black Friday. O tradicional dia de promoções é ofuscado pelo derretimento global dos mercados, por conta de uma nova cepa do coronavírus, identificada na África do Sul.

A entidade Organização Mundial da Saúde (OMS) estuda declarar a nova cepa como uma “variante de preocupação”. Isso porque cientistas vêm afirmando que ela possui um alto número de mutações, que podem torná-la mais transmissível e permitir que ela não responda às vacinas existentes.

O clima é de cautela, com a ameaça de novas restrições. Países da União Europeia (UE) suspenderam temporariamente os voos com a África do Sul e outros países vizinhos como Botsuana, Lesoto, Moçambique, Namíbia e Zimbábue.

O governo do Reino Unido informou que a variante B.1.1.529, batizada de Omicron, seria “a mais significativa já encontrada”, segundo a agência Reuters.

Por consequência, as commodities recuaram com força, com o petróleo Brent, referência internacional, despencando mais de 11% enquanto o WTI, o petróleo nos EUA, recuou mais de mais de 13%.

Bolsas mundiais

Nova York

  • Dow Jones: -2,53%
  • S&P 500: -2,09%
  • Nasdaq: -2,23%

Europa

  • Euro Stoxx 50 (Europa): -4,74%
  • DAX (Alemanha): -4,15%
  • FTSE 100 (Reino Unido): -3,64%
  • CAC (França): -4,75%
  • IBEX 35 (Espanha): -4,96%

Ásia e Oceania

  • Shanghai (China): -0,56%
  • Hang Seng HSI (Hong Kong): -2,67%
  • SET (Tailândia): -2,30%
  • Nikkei (Japão): -2,53%
  • ASX 200 (Austrália): -1,73%
  • Kospi (Coreia do Sul): -1,47%

Commodities

Petróleo

  • Brent (janeiro 2022): US$ 72,91 (-11,32%)
  • WTI (janeiro 2022): US$ 68,17 (-13,04%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.791,40 (+0,40%)