Ibovespa avança 0,58% no dia e encerra a semana em alta de 2,78%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Em uma sessão marcada por forte volatilidade, o Ibovespa fechou o pregão desta sexta-feira (3) em alta de 0,58%, aos 105.069 pontos. No mesmo sentido, o índice fechou a semana positivo em 2,78%.

Destaque nesta sexta foi para a Produção Industrial Mensal, do IBGE, que teve queda de 0,6% na passagem de setembro para outubro, quinto resultado negativo consecutivo. O consenso era de alta de 0,6%. No ano, a indústria acumula alta de 5,7% e, em 12 meses, também de 5,7%.

O Índice dos Gerentes de Compras (PMI na sigla em inglês) de serviços caiu de 54,9 em outubro para 53,6 em pontos em novembro. O PMI composto caiu a 52 em novembro, ante 53,4 em outubro. 

Os dois resultados ajudam a entender a quantas anda a retomada da economia. Ontem, o PIB do terceiro trimestre recuou 0,1%, indicando enfraquecimento da atividade econômica, com queda especialmente da agropecuária.

Para 2022, as projeções para o PIB já estão em 0,58%, segundo o último Focus.

Na quinta (2), o Senado aprovou a PEC dos Precatórios, mas com mudanças significativas do texto, o que exige que passe novamente pela Câmara. A emenda viabiliza o pagamento de R$ 400 mensais do Auxílio Brasil e muda a correção do teto de gastos.

Na B3, as ações da Méliuz (CASH3) lideram as altas no Ibovespa. A empresa comunicou ontem um recorde histórico de GMV gerado em um único mês, atingindo R$ 923 milhões em novembro de 2021, um crescimento de 87% contra o mesmo período do ano anterior, quando atingiu R$ 495 milhões. O número de novos compradores também apresentou um forte crescimento de 82% na base anual.

Confira a evolução do Ibovespa na semana, em cada fechamento de sessão:

  • segunda-feira (29): +0,58% (102.814 pontos)
  • terça-feira (30): -0,87% (101.915 pontos)
  • quarta-feira (1): -1,12% ( 100.774 pontos)
  • quinta-feira (2): +3,66% (104.466 pontos)
  • sexta-feira (3): +0,58% (105.069 pontos)
  • semana: +2,78%
  • 2021: -13,79%

Destaques da bolsa

Das 90 ações negociadas na bolsa, 70 subiram e 20 caíram em relação à sessão anterior.

Mais negociadas

EmpresaTickerPreçoOscilação
PETROBRASPETR4R$ 28,75+1,38%
VALEVALE3R$ 71,41-2,83%
MAGAZINE LUIZAMGLU3R$ 7,05+4,29%
PETROBRASPETR3R$ 30,02+1,69%
ITAÚUNIBANCOITUB4R$ 22,90-0,69%

Maiores altas

EmpresaTickerPreçoOscilação
MÉLIUZCASH3R$ 3,4732,95%
LOCAWEBLWSA3R$ 12,708,18%
CYRELACYRE3R$ 14,957,55%
CVCCVCB3R$ 14,106,66%
ASSAIASAI3R$ 13,276,59%

Maiores baixas

EmpresaTickerPreçoOscilação
MARFRIGMRFG3R$ 20,308,31%
JBSJBSS3R$ 33,414,84%
VALEVALE3R$ 71,872,20%
GRUPO NATURANTCO3R$ 25,751,15%
IRB BRASILIRBR3R$ 4,181,65%

Dólar

  • segunda-feira (29): +0,25% a R$ 5,609
  • terça-feira (30): +0,46% a R$ 5,635
  • quarta-feira (01): +0,63% a R$ 5,67
  • quinta-feira (2): -0,19% a R$ 5,660
  • sexta-feira (3): +0,35% a R$ 5,679
  • semana: +1,50%

Euro

  • segunda-feira (29): -0,06% a R$ 6,32
  • terça-feira (30): +0,87% a R$ 6,38
  • quarta-feira (01): +0,60% a R$ 6,41
  • quinta-feira (2): -0,37% a R$ 6,394
  • sexta-feira (3): +0,45% a R$ 6,423
  • semana: +1,49%

Criptomoedas*

  • Bitcoin: -4,45% a R$ 303.056,64
  • Ethereum: -5,31% a R$ 23.887,53
  • Tether: +1,82% a R$ 5,67
  • Cardano: -6,72% a R$ 8,97
  • Binance: -2,64% a R$ 3.371,51

*(variação nas últimas 24h – corte: 18h)

Mercados do exterior

A folha de pagamentos não-agrícola oficial dos EUA trouxe a criação de 210 mil vagas de emprego em novembro nos EUA, muito abaixo dos 550 mil esperados. Os dados de outubro foram revisados de 531 mil para 543 mil.

A pesquisa ADP, considerada uma prévia do payroll, indicou 534 mil postos de trabalho no setor privado em novembro.

Já os pedidos de seguro-desemprego, divulgados ontem, subiram para 222 mil, mas ainda número considerado baixo.

Na Europa, o PMI de serviços ficou em 55,9 pontos acima da leitura anterior de 54,6, mas abaixo da expectativa de 56,6. O PMI composto, que une serviços e indústria, ficou em 55,4, ante 54,2 anterior e projeção de 55,8 pontos. Já as vendas no varejo subiram 0,2% em outubro e 1,4% na comparação anual, melhor que a projeção de 1,2%.

Nos EUA, o PMI de serviços de novembro caiu para 58 de 58,7 em outubro. A expectativa do mercado era de 57,2. Já o PMI composto caiu para 57,2 em novembro.

Na China, o PMI de serviços recuou de 53,8 para 52,1. A projeção era 52,6 pontos.

Ainda na Ásia, a empresa Didi, de transporte privado, vai deixar Nova York menos de seis meses após o IPO e migrar para a bolsa de Hong Kong, devido à pressão do governo chinês.

Bolsas mundiais

Nova York

  • Dow Jones: -0,17%
  • S&P 500: -0,85%
  • Nasdaq: -1,92%

Europa

  • Euro Stoxx 50 (Europa): -0,68%
  • DAX (Alemanha): -0,61%
  • FTSE 100 (Reino Unido): -0,10%
  • CAC (França): -0,44%
  • IBEX 35 (Espanha): -0,71%

Ásia e Oceania

  • Shanghai (China): +0,94%
  • Hang Seng HSI (Hong Kong): -0,09%
  • SET (Tailândia): -0,23%
  • Nikkei (Japão): +1,00%
  • ASX 200 (Austrália): +0,22%
  • Kospi (Coreia do Sul): +0,78%

Commodities

Petróleo

  • Brent (janeiro 2022): US$ 69,94 (+0,39%)
  • WTI (janeiro 2022): US$ 66,38 (-0,21%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.783,80 (+1,20%)