Ibovespa opera em alta moderada, após dois dias de forte valorização

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Reprodução/Unsplash

O Ibovespa registra valorização nesta quarta-feira (8), no entanto ainda aquém das altas dos dois últimos dias. Às 14h45, registrava ganho de 1,42%, aos 77.400 pontos.

No exterior, os mercados americanos aceleraram as altas após a informação de que o senador Bernie Sanders desistiu da corrida presidencial nos EUA.

Segundo CNBC, os investidores tinham receios de que políticas públicas que pudessem ser implementadas por Sanders elevassem os impostos.

Dessa forma, o ex-vice-presidente Joe Biden, visto por Wall Street como um candidato mais favorável ao mercado, fica mais próximo da indicação democrata à presidência.

O dólar operava, às 14h45, com queda de 0,98%, cotado a R$ 5,17.

Brasil

Internamente, pela manhã, o Diário Oficial trouxe a confirmação de uma nova fase de liberação de recursos do FGTS, que permitirá saques de R$ 1.045 por trabalhador, o que pode favorecer as empresas varejistas.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estiveram reunidos no Palácio do Planalto, mas nada foi divulgado sobre os resultados do encontro, que durou quase duas horas.

Ações

Mais negociadas

  • Petrobras (PETR4), +2,68%
  • Via Varejo (VVAR3): +4,07%
  • Equatorial (EQTL3): +2,73%
  • Cogna (COGN3): -0,89%

Maiores altas

  • Cielo (CIEL3): +11,19%
  • Ecorodovias (ECOR3): +7,49%
  • Gerdau (GGBR4): +7,17%
  • Localiza (RENT3): + 7,26%

Maiores quedas

  • Suzano (SUZB5): -4,01%
  • IRB (IRBR3): -3,14%
  • GPA (PCAR4): -2,24%
  • Rumo (RAIL3): -2,40%

Vamos ao desempenho dos mercados, às 13h

Nova York

  • S&P 500: +2,02%
  • Dow Jones: +2,21%
  • Nasdaq: +1,71%

Petróleo

  • WTI, +3,55%, US$ 24,47
  • Brent, +1,54%, US$ 32,36

Europa (fechamento)

  • Dax, Alemanha, -0,23%
  • FTSE, Inglaterra, -0,47%
  • CAC, França, +0,10%
  • FTSE MIB, Itália, -0,18%
  • STOXX600, +0,02%

Ásia (fechamento)

  • Nikkei, Japão: +2,13%
  • Shanghai, China: -0,19%
  • HSI, Hong Kong: -1,17%
  • ASX, Austrália: -0,86%
  • Kospi, Coreia: -0,90%