Ibovespa fecha em queda de 1,29%; dólar sobe a R$ 5,25

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Reprodução/Flickr

O Ibovespa fechou a sessão desta quinta-feira (16) com baixa de 1,29%, aos 77.811 pontos, mesmo com os mercado americanos fechando em alta.

Lá fora, as principais bolsas fecharam de forma positiva no aguardo do discurso do presidente dos EUA, Donald Trump, que pode anunciar a flexibilização da quarentena.

Já o dólar encerrou o dia com alta de 0,29%, cotado na compra a R$ 5,2557 e, na venda, a R$ 5,2567.

Por aqui, das 73 ações que compõem o Ibovespa, 42 fecharam em queda e 31 em alta.

O volume financeiro negociado no Ibovespa foi de R$ 21 bilhões. Na mínima, o índice atingiu 77.452 pontos (-1,75%) e, na máxima, 80.167 pontos (+1,69%).

Reabertura

“Tem que haver um equilíbrio. Há também a morte envolvida em manter a economia fechada”, disse o presidente Trump ontem.

A Alemanha definiu que pequenos comércios poderão reabrir em 20 de abril, desde que possam implementar medidas de higiene. As escolas reabrem dia 4 de maio. Grandes eventos ou reuniões só estarão liberados a partir de 31 de agosto.

Economia

Por outro lado, indicadores econômicos apontam que a crise pode estar longe de ser superada.

Pela manhã, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) previu que a demanda global de petróleo deve registrar uma queda história de 6,8 milhões de barris por dia (bpd) em 2020, ante uma previsão anterior de alta de 6,9 milhões de barris.

Também foram divulgados os números semanais referentes ao seguro-desemprego dos EUA. Houve uma queda de 1,37 milhão de novos pedidos em relação à semana passada, embora o número total ainda seja alto, de 5,245 milhões.

Balanços

No corporativo, duas importantes instituições financeiras dos EUA divulgaram seus resultados referentes ao primeiro trimestre deste ano.

O Morgan Stanley teve lucro líquido de US$ 1,7 bilhão, 30% menos que no mesmo período do ano passado. O lucro por ação foi de US$ 1,01, abaixo da previsão, que era de US$ 1,14, de acordo com a CNBC. A receita também ficou abaixo das expectativas e fechou em US$ 9,487 bilhões.

Já Blackrock teve um ganho de US$ 806 milhões no período, ou US$ 5,15 por ação. No mesmo período do ano passado, o lucro tinha sido de US$ 1,05 bilhão, segundo CNBC, uma queda, portanto, de 23%.

Brasil

No Brasil, o ministério da Economia discute com grandes bancos medidas para auxiliar companhias do setor aéreo, montadoras, empresas de energia e grandes varejistas. As conversas envolvem instituições como Bradesco, Itaú Unibanco, Santander Brasil e Banco do Brasil.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Na política, o Senado aprovou ontem em primeiro turno a PEC do Orçamento de Guerra, destinado exclusivamente ao enfrentamento da pandemia.

Os senadores incluíram a obrigação de as empresas beneficiadas pelas medidas não demitirem.

Desta forma, o projeto voltará à Câmara depois de passar pela votação em segundo turno no Senado, o que pode amanhã.

Sobre o projeto de ajuda aos Estados, que também tem que ser analisado pelo Senado, governadores pediram em carta conjunta que a Casa aprove o texto da forma como veio da Câmara.

O governo quer mudanças, para evitar um gasto de R$ 93 bilhões.

Ibovespa

Entre as ações, as maiores perdas ficaram por conta da Petrobras, refletindo as piores perspectivas em relação aos preços do petróleo no mercado internacional, pela baixa demanda.

Adicionalmente, o setor bancário também ajudou a derrubar o Ibovespa nesta jornada. Assim como lá fora, onde os bancos aumentaram as provisões, o mesmo pode ocorrer por aqui.

Por outro lado, a expectativa de ajuda do governo ao setor de varejo ajudou os papéis do setor – junto com os shopping centers.

Veja o desempenho dos mercados:

Mais negociadas

  • Petrobras (PETR4), -3,91%
  • Via Varejo (VVAR3): +1,42%
  • Itaú Unibanco (ITUB4): -2,31%
  • Bradesco (BBDC4): -2,39%
  • Vale (VALE3): -0,93%

Maiores altas

  • Magazine Luiza (MGLU3): +3,92%
  • Lojas Americanas (LAME4): 3,90%
  • Carrefour (CRFB3): +3,06%
  • B2W (BTOW3): +3,01%
  • Totvs (TOTS3): +2,98%

Maiores baixas

  • Ecorodovias (ECOR3): -5,33%
  • BR Distribuidora (BRDT3): -4,93%
  • Gol (GOLL4): -4,23%
  • Petrobras (PETR4): -4,03%
  • CCR (CCRO3): -3,99%

Nova York 

  • S&P: +0,58%
  • Nasdaq: +1,66%
  • Dow Jones: +0,14%

Petróleo

  • Brent: US$ 28,13 (+1,59%)
  • WTI: US$ 19,56 (-1,56%)

Europa

  • DAX, Alemanha: +0,21%
  • FTSE, Inglaterra: +0,55%
  • CAC, França: -0,08%
  • FTSE MIB, Itália: +0,29%
  • Stoxx 600: +0,58%

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam em queda, com exceção da China. Ainda hoje, o país anuncia o resultado do seu Produto Interno Bruto (PIB).

  • Nikkei, Japão: -1,33%
  • Xangai, China: +0,31%
  • HSI, Hong Kong: -0,58%