Bolsa de valores opera com perdas, em linha com Nova York

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: B3/Divulgação

A bolsa de valores brasileira acompanha Nova York e opera em queda, com Ibovespa registrando perdas de 0,28%, aos 100.195,61 pontos, às 14h55. O dólar é cotado a R$ 5,65, com alta de 0,65%.

Ontem (26), a bolsa brasileira tentou bastante, mas não conseguiu se descolar de Nova York. Acabou caindo 0,24%.

Hoje começa a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, que deve anunciar amanhã se a Selic fica mesmo em 2%.

Conheça a FinTwit, o maior fórum de finanças do mundo.

Hoje o Twitter é pauta na Money Week.

Também tem agenda cheia na temporada de balanços.

Santander Brasil (SANB11) reportou um lucro líquido gerencial de R$ 3,902 bilhões – cifra 82,7% superior a do 2º trimestre deste ano (R$ 2,136 bilhões) – com números acima das expectativas.

Recém-chegada à bolsa, a Petz (PETZ3) reportou um lucro líquido de R$ 17,06 milhões no terceiro trimestre de 2020, representando alta de 47,5% na comparação com igual trimestre do ano passado.

Já a Unidas (LCAM3) reportou um lucro líquido de R$ 124,2 milhões no terceiro trimestre de 2020. Isso representou uma alta 44,4% na comparação anual.

Hoje, saem ainda Cielo (CIEL3), Localiza (RENT3), Raia Drogasil (RADL3), Smiles (SMLS3) e Telefonica (VIVT4).

Exterior

Com novo avanço da Covid-19 batendo à porta e sem qualquer esperança de um pacote de auxílio antes das eleições, os mercados globais começam a terça-feira (27) sem direção definida.

Os futuros de Nova York sobem, enquanto na Europa tem queda. Na Ásia, teve queda também, refletindo o mau desempenho dos mercados globais de ontem. A exceção foi a China, que fechou com leve ganho de 0,10%.

As negociações envolvendo um novo pacote de auxílio fiscal em Washington continuam pesando sobre o sentimento dos investidores, visto que as perspectivas de ajuda econômica estão severamente diminuídas a uma semana da eleição presidencial.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, novamente tentaram reconciliar as diferenças e elas, de fato, parecem diminuídas, mas “quanto mais diminuiem, mais condições surgem do outro lado”, disse o conselheiro econômico da Casa Branca Larry Kudlow.

O surto de infecções por coronavírus em todo o mundo está preocupando os investidores. A Europa deu um passo atrás, anunciando regras de isolamento social, com os líderes lutando para recuperar o controle da propagação enquanto enfrentam uma oposição crescente às restrições.

*Com Filipe Teixeira – Wisir Research

Veja as cotações às 10h05:

Mercados futuros de Nova York

  • S&P: -0,14%
  • Nasdaq: +0,48%
  • Dow Jones: -0,44%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: -0,69%
  • FTSE, Reino Unido: -0,82%
  • CAC, França: -1,55%
  • FTSE MIB, Itália: -1,06%
  • Stoxx 600: -0,82%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: -0,04%
  • Xangai, China: +0,10%
  • HSI, Hing Kong: -0,53%
  • ASX 200: -1,70%
  • Kospi, Coreia: -0,56%

Petróleo

  • WTI (dezembro 2020): US$ 38,77 (+0,57%)
  • Brent (janeiro 2021): US$ 41,05 (+0,59%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2020): US$ 1.908,20 a onça-troy (+0,14%)

Quer saber como posicionar seus investimentos em meio ao vai-e-vem dos mercados? Preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos irá ajudar você com as melhores opções!