IATA: companhias aéreas estão no “modo de sobrevivência”

Marcelo Hailer Sanchez
Jornalista, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Pesquisador em Inanna (NIP-PUC-SP). Trabalhei nas redações do Mix Brasil, Revista Junior, Revista A Capa e Revista Fórum. Também tenho trabalhos publicados no Observatório da Imprensa e revista Caros Amigos. Sou co-autor do livro "O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente" (AnnaBlume).
1

Crédito: Projeção da IATA para as empresas aéreas é negativa por causa do coronavírus

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês), divulgou relatório onde informa que, por conta da crise gerada pela pandemia, as receitas globais de passageiros de companhias aéreas deverão US$ 314 bilhões em 2020, resultando em um declínio anual de 55%.

As companhias na Ásia-Pacífico devem ter a maior queda de receita e uma queda de 50% na demanda de passageiros no ano em comparação a 2019. As estimativas da IATA pressupõem que severas restrições de viagem, devido a pandemia, durem três meses.

“A situação está se deteriorando. As companhias aéreas estão no modo de sobrevivência. elas enfrentam uma crise de liquidez com uma queima de caixa no valor de US$ 61 bilhões”, disse Conrad Clliford, vice-presidente regional da Ásia-Pacífico da IATA, em comunicado reproduzido pela CNBC.

A Virgin Austrália tornou-se recentemente a primeira grande companhia aérea da Ásia-Pacífico a entrar em reestruturação de terceiros. Clifford afirmou que, se os governos não intervirem para garantir que as companhias aéreas tenham “fluxo de caixa suficiente”, para mantê-las durante a pandemia, mais transportadoras poderão seguir o mesmo caminho.

“O suporte às companhias aéreas tem uma implicação econômica mais ampla. Empregos em muitos setores serão afetados se as companhias aéreas não sobreviverem à crise do Covid-19. Todo trabalho de companhia aérea suporta outros 24 na cadeia de valor de viagens e turismo””, finalizou o representante da IATA na Ásia-Pacífico.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil