Hypera (HYPE3) fecha patrocínio de R$ 300 milhões com Arena Corinthians

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Hypera

A Hypera informou que fechou acordo de patrocínio de naming rights (direito de nomenclatura exclusiva de arena esportiva) no valor de R$ 300 milhões com o Arena Fundo de Investimento Imobiliário (FII).

O contrato, que tem a interveniência do Sport Clube Corinthians, prevê a exploração, por 20 anos, dos naming rights da Arena Corinthians, em São Paulo, que passará a chamar Neo Química Arena. O valor será dividido em 20 parcelas anuais de igual valor.

Segundo a companhia, a arena pode receber, além dos jogos do Sport Club Corinthians, também outros eventos esportivos, espetáculos e shows.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

“Com o acordo, a Hypera Pharma aumentará a visibilidade de suas marcas líderes, principalmente a Neo Química, segunda maior marca de medicamentos similares e genéricos do Brasil”, diz a companhia em comunicado.

Cyrela Commercial Properties (CCPR3) recebe infração de R$ 158 mi

A Cyrela Commercial Properties foi notificada na última sexta-feira (28) pela Receita Federal com um auto de infração de R$ 158,915 milhões relativa a passivo do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Grand Plaza Shopping (ABCP11). A companhia é responsável solidária do FII ao lado da Rio Bravo Investimentos Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários.

A empresa afirma que há argumentos consistentes para a defesa na qualidade de parte solidária do auto de infração, que ainda está em fase administrativa.