Hospital Sancta Maggiore é o primeiro epicentro da epidemia no Brasil

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor

Crédito: Reprodução / Facebook

São oito unidades do Hospital Sancta Maggiore na capital paulista. Há outras quatro unidades de pronto-atendimento. Está em três unidades da marca o principal e primeiro epicentro do novo coronavírus no Brasil. Até a terça-feira (31), 79 das 136 mortes ocorridas no estado de São Paulo haviam se dado no complexo. Isso corresponde a 59% do total estadual e 39,3% do total nacional.

O Hospital Sancta Maggiore pertence à Prevent Senior, plano de saúde particular voltado a clientes com mais de 60 anos, na sua maioria.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), chegou a criticar em entrevista coletiva o plano, chamando de “ponto fora da curva” dentro dos dados emitidos pelo ministério.

“Provavelmente (o hospital) não tomou as barreiras que precisaria ter tomado antes da entrada do vírus. A partir do momento que entrou ali dentro (sic) você não consegue tirar as pessoas porque elas estão em isolamento e não se sabe quem vai apresentar a doença ou não. E você tem todas essas pessoas imunossuprimidas (pacientes com a imunidade reduzida)”, disse.

Prefeitura pede intervenção no hospital

A prefeitura de São Paulo chegou a pedir ao governo do estado a intervenção na gestão dos hospitais, mas não foi atendida.

Não há mais como remover os pacientes e levá-los a outros hospitais.

A única menção que o plano de saúde faz sobre o tema está em comunicado sobre a vacinação contra a gripe H1N1: “neste momento, a única forma segura de prevenção das duas doenças é o isolamento social e as medidas de higiene adequadas”.

São exatamente essas as recomendações que o ministério da Saúde vem difundindo, bem como a Organização Mundial da Saúde.

Números

No Brasil, até as 15 horas do dia 2 de abril, segundo dados compilados pelas secretarias estaduais de saúde, o Brasil tinha 7.059 casos confirmados de Covid-19 e 257 vítimas fatais.

São Paulo, onde ficam as unidades do Hospital Sancta Maggiore, tinha 2.981 casos e 164 mortes.

Os números são constantemente atualizados.

Com informações do El País.

LEIA MAIS
Brasileiros sentem os impactos econômicos do coronavírus

Pandemia de coronavírus está evoluindo de forma mais controlada no Brasil, diz estudo