Helbor (HBOR3): vendas crescem 26,8% em junho frente a maio

Osni Alves
Jornalista (2007); Especializado em Comunicação Corporativa e RP (INPG, 2011); Extensão em Economia (UFRJ, 2013); Passou por redações de SC, RJ e BH (oalvesj@gmail.com).
1

Crédito: Helbor (HBOR3): vendas crescem 26,8% em junho frente a maio

A Helbor Empreendimentos (HBOR3) registrou crescimento em suas vendas. A companhia obteve 26,8% de alta em junho frente a maio.

Isso porque no período a empresa alcançou R$ 94 milhões em vendas totais.

Os resultados operacionais de vendas foram divulgados nesta quarta-feira (22) e dizem respeito ao segundo trimestre de 2020.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

Conforme fato relevante, tratam-se dos resultados não auditados.

Helbor (HBOR3): vendas crescem 26,8% em junho frente a maio

Helbor (HBOR3): vendas crescem 26,8% em junho frente a maio.

HBOR3: maio frente abril

De acordo com o balanço, o resultado operacional de vendas referente a maio, frente a abril, alcançou 84% das vendas totais no período. “Valor equivalente a 85% do período pré-covid.”

Para a companhia, os números mostram “claramente a retomada em nossa velocidade de vendas para os próximos períodos”.

As vendas totais do segundo trimestre de 2020 atingiram R$ 219,4milhões. Já as vendas parte Helbor totalizaram R$ 154,6 milhões.

Das vendas parte Helbor, 55% correspondem às vendas de unidades prontas, mostrando  o  foco da Companhia e empenho da equipe comercial na liquidez destas unidades.

HBOR3: sem lançamentos no trimestre

A companhia diz ter tomado uma decisão estratégica ao não lançar empreendimentos no trimestre.

“Com a demonstração da melhor velocidade de vendas no mês de junho, estamos preparados para a retomada dos lançamentos”, informou.

Já a velocidade de vendas medida pelo indicador VSO Parte Helbor atingiu 8,4% no segundo trimestre de 2020.

No primeiro semestre de 2020 o VSO Parte Helbor atingiu 21,2%.

Os Repasses e Securitizações atingiram R$ 185 milhões no segundo trimestre de 2020.

“Ocorre que R$ 170 milhões foram creditados até 30 de junho e R$ 15 milhões foram creditados no início de julho de 2020”, disse.

Geração de caixa

Com isso, a companhia diz reforçar a dinâmica de geração de caixa e redução de endividamento.

“No mês de junho, entregamos nosso primeiro empreendimento residencial em Alphaville. Unidade de Alto Padrão em parceria com a MPD”, ressaltou.

E disse mais: “No segundo trimestre de 2020 liquidamos uma operação financeira no valor de R$ 64 milhões para quitação do remanescente de planos empresários que tínhamos dos empreendimentos do chamado legado.”

Assim, a companhia conseguiu liquidar todas as dívidas de financiamento à produção com taxas pré-fixadas.

“Essa operação foi realizada com carência de 90 dias e vai nos proporcionar uma redução de 53% no custo financeiro desses planos empresariais passando de uma taxa de juros média de 11% para 5,18%”, frisou.

Veja o desempenho da HBOR3 na Bolsa:

Helbor (HBOR3): vendas crescem 26,8% em junho frente a maio

Fonte: tradingview.