Heineken é notificada para ajustar recall

Gabriela Brands
Profissional com graduação em Jornalismo, pós-graduação em Planejamento em Comunicação e Gestão de Crises de Imagem e em Marketing. Tem experiência sólida em Comunicação Política, Assessoria de Imprensa e Gestão de Crises.

Crédito: Reprodução/ Twitter

Na sexta-feira (14), a Heineken anunciou um recall voluntário de um lote de long neck da cerveja. Conforme a empresa, uma alteração na embalagem pode fazer com que uma pequena lasca de vidro se desprenda no momento da abertura. No domingo (16), a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), notificou a cervejaria para ajustar o recall.

De acordo com o documento, a campanha não está em conformidade com o que foi tratado junto à Senacon. Além da falta de clareza sobre o acesso dos consumidores à campanha, a Secretaria aponta ausência de informações sobre substituição do produto. “Esperava-se que a informação sobre a opção “dois por um” de substituição do produto fosse clara ao consumidor”, diz a nota.

Além disso, o órgão reclama que a empresa não respeitou a recomendação de que a mensagem “recall voluntário da Heineken” constasse na divulgação da campanha. A Senacon fixou prazo de 2 dias úteis para que a Heineken faça os ajustes e pode aplicar multa de até R$ 9 milhões se eles não forem realizados.

A Heineken se comprometeu a fazer os ajustes solicitados dentro do prazo estabelecido pela Senacon.