Halving do bitcoin: o mercado brasileiro entre o ceticismo e expectativa da valorização

Angélica Weise
Jornalista formada pela UNISC e com Mestrado pela UFSM. Escreve sobre tecnologia, política, criptomoedas e atualidades.

Crédito: Pixabay

A expectativa para o terceiro Halving do Bitcoin é grande para 2020. Primeiramente, estende-se por halving a redução da recompensa por bloco de bitcoin. Ela ocorre, em média, a cada 4 anos.

Para 2020 deve ocorrer na segunda semana de maio, entre os dias 10 e 12.  A redução pela metade  é o evento no qual as recompensas em bloco do Bitcoin para os mineradores serão reduzidas pela metade, de 12,5 para 6,25 Bitcoin.

As opiniões são divididas em termos de como isso afetará o preço do bitcoin e se já afetou a avaliação do mercado. De qualquer forma, deve-se notar que as duas únicas reduções anteriores na história do bitcoin levaram a importantes avaliações de preço criptoativo nas semanas seguintes.

Mas essa programação diverge opiniões, inclusive no mercado brasileiro.

João Paulo Oliveira, fundador e diretor-executivo da Nox Bitcoin explicou o seguinte:

“O Halving é um momento muito importante para o bitcoin. Nossa expectativa é positiva, embora haja receio como vai se comportar o mercado com a diminuição do prêmio pela mineração [procedimento pelo qual o bitcoin é emitido]”.

Mercado do Bitcoin

Conseguir fazer uma previsão sobre o Bitcoin é realmente difícil, porque se trata de uma moeda volátil. Há aqueles que garantem que terá mais uma valorização da moeda este ano, como também aqueles que acreditam que ela vai cair mais.

Entender por que o bitcoin é volátil é muito importante para usuários em potencial.

Inclusive, a empolgação com “O Halving” levou um executivo do setor a prever que o preço do bitcoin chegaria a US $ 50.000 até o final de 2020. 

Há muito o que acontecer.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374