Grupo Mateus (GMAT3) tem lucro 53,9% maior no 1TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

O Grupo Mateus (GMAT3) ampliou em 53,9% o lucro líquido do primeiro trimestre de 2021 no comparativo com o mesmo período de 2020.

A companhia registrou R$ 157 milhões de lucro líquido no 1TRI21 contra R$ 102 milhões no 1TRI20.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A margem líquida subiu de 4,2% para 4,7%.

Veja aqui o balanço do 1TRI21.

Grupo Mateus (GMAT3): principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 1TRI21: R$ 157 milhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 102 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 1TRI21: R$ 220 milhão
  • Ebitda 1TRI20: R$ 155 milhão

Receita líquida

  • Receita 1TRI21: R$ 3,36 bilhões
  • Receita 1TRI20: R$ 2,79 bilhões

Ebitda cresce 41,6% no 1TRI21

O Ebitda ajustado do Grupo Mateus (GMAT3) cresceu 41,6%.

O indicador saltou de R$ 155 milhões para R$ 220 milhões ao fim do 1TRI21.

Já a margem Ebitda ajustada ficou em 6,6% ante os 6,4% do balanço do 1TRI20.

“O forte ritmo de inaugurações, junto com a maturação das lojas, contribuiu para o bom desempenho do resultado e para a diluição de despesas”, diz a empresa.

Receita aumenta 39,6%

A receita também do Grupo Mateus (GMAT3) também teve aumento expressivo: 39,6%.

O indicador subiu de R$ 2,79 bilhões para R$ 3,36 bilhões.

Outros destaques do Grupo Mateus (GMAT3)

O resultado financeiro do 1TRI21 totalizou R$ -14,9milhões, com uma redução de 51,8%, e representou -0,4% da receita líquida comparado a -1,3% no 1TRI20.

As despesas com vendas representaram 9,2% da receita líquida no 1TRI21, contra 9,1% no 1TRI20.

Os investimentos registraram um aumento de 142% para R$288 milhões, devido ao robusto plano de expansão de lojas e à ampliação da infraestrutura, com a construção de novas indústrias de pães e centros de distribuição, e a manutenção de lojas existentes.

O Grupo Mateus encerrou o primeiro trimestre de 2021com R$ 1.225 bilhão em caixa líquido,  comparado  a  uma  dívida líquida de  R$  666  milhões no1T20.  A variação  representativa ocorreu em  função  de  dois  fatores: a entrada  de recursos  do  IPO-realizado  em  outubro  de  2020-eaamortizaçãode empréstimos,  leasings  e  Finames  junto  aos  bancos, realizada  no  final  de  2020;além da manutenção da estratégia de não captar novos empréstimos.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Grupo Mateus 1TRI21