Grupo americano KKR paga 1,8 bilhão de euros por fatia da Telecom Italia

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

O grupo americano de private equity KKR anunciou neste início de semana a compra de uma fatia da Telecom Italia, dona da TIM Brasil.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

De acordo com informações divulgadas na imprensa internacional, o valor pago pela fatia minoritária (37,5%) foi de 1,8 bilhão de euros.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

A participação da KKR na empresa será na modernização das peças de cobre utilizadas na rede de fibra ótica.

Além da KKR, outra empresa que fará parte da joint venture será a FastWeb, operadora italiana de banda larga.

A junção da Telecom Italia e da FastWeb formou a FlashFiber, que já foi incorporada à FiberCorp.

UE e EUA culpam governo por negociação frustrada com Telecom Italia

Os líderes da União Europeia e do governo dos Estados Unidos culparam o governo italiano pela negociação frustrada entre a AT&T e a Telecom Italia.

Segundo o site Telesintese, foi o governo italiano quem agiu de forma a tirar a AT&T das negociações.

O motivo teria sido o interesse de Silvio Berlusconi, por meio da Mediaset, de fazer uma oferta pela Telecom Italia e manter a empresa sob o controle do país.

Berlusconi estaria, ainda, tentando influenciar o parlamento a votar contra uma lei que poderia ameaçar seu império televisivo.

Aumente seus ganhos. Consulte nossa Planilha de Monitoramento de Carteira

Além disso, o premier estaria tentando convencer o parlamento a aprovar outra que liberasse sua participação na Telecom Italia, algo que hoje é proibido, justamente por ter posse de estações de TV.

Jornais italianos citam plano de rede única do governo

Alguns dos principais jornais italianos – La Repubblica, Corriere della Sera, Il Messaggero e La Stampa – revelaram que o governo da Itália está planejando apresentar uma proposta de banda larga única à Telecom Italia.

O plano permitiria que a companhia continuasse com uma participação majoritária, embora restringindo o controle da Telecom sobre a futura rede.

Planilha de Açõesbaixe e faça sua análise para investir