Greve dos petroleiros começou nesta segunda

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

A FUP manteve a decisão pela greve dos petroleiros nesta segunda, 25 de novembro. Na página do Facebook da Federação Única dos Petroleiros (FUP), já é possível acompanhar alguns vídeos sobre a mobilização. Há postagens do Sindipetro no norte fluminense, no Rio de Janeiro, e da FUP na Bahia. Segundo os depoimentos dos vídeos, os ônibus que transportam os funcionários da Petrobras até as refinarias estão circulando vazios, ou seja, os petroleiros estão realmente parados.

Nesta segunda, a FUP organizou uma campanha de doação de sangue, em virtude do Dia Nacional de Doação de Sangue. A “mobilização solidária”, assim batizada pela FUP, segue até esta sexta, 29 de novembro.

A intenção da federação com a greve dos petroleiros é chamar a atenção da sociedade sobre os riscos da política de demissões e venda de ativos da Petrobras. Ela alega que, com tais ações, perdem os trabalhadores, o consumidor e o meio-ambiente.

A greve por tempo determinado de cinco dias foi confirmada, apesar de o Tribunal Superior do Trabalho acatar liminar da Petrobras impedindo que a categoria entrasse em greve.