Grendene (GRDN3) mantem fábrica fechada; Cogna (COGN3): presidente de conselho renuncia

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/ Grendene

A Grendene (GRND3) informou que as atividades da companhia na unidade localizada em Sobral (CE), permanecem suspensas até 21 de junho, em atendimento ao Decreto Municipal nº 2.449 de 13 de junho de 2020 do Município de Sobral.

Conforme a Grendene, a previsão de retorno das operações é no dia 22 de junho de 2020.

No período de 15 a 21 de junho os funcionários estarão dispensados do trabalho utilizando o banco de horas.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

O retorno ao trabalho em 22 de junho acontecerá de forma parcial, com redução da jornada e salário em 70%, conforme previsto pela Medida Provisória 936/2020 e pelo acordo firmado com o Sindicato dos Empregados de Sobral.

Cogna (COGN3) recebe renúncia de presidente do conselho

A Cogna informou nesta segunda-feira (15), que recebeu a renúncia de Evando José Neiva ao cargo de membro e presidente do conselho de administração da companhia.

De acordo com a Cogna, Neiva permanece como membro do Comitê de Fundadores, órgão consultivo do Conselho de Administração.

Nicolau Ferreira Chacur foi eleito como presidente do conselho e Rodrigo Calvo Galindo permanece como vice-presidente do conselho.